Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Fevereiro de 2019 | 18h51 - Actualizado em 15 Fevereiro de 2019 | 18h50

Moradores controlam riscos de calamidades naturais no Cunene

Ondjiva - A província do Cunene vai contar, pela primeira vez, com 20 comités de gestão de risco contra calamidades naturais integrados por 30 moradores cada um, que terão a missão de informar às autoridades a probabilidade e focos de seca e cheias nas comunidades.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O facto foi avançado hoje, sexta-feira, à Angop, em Ondjiva, pelo comandante do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros da província do Cunene, Paulo Calunga, tendo referido que no momento decorre o processo de cadastramento dos cidadãos, pois serão necessário 600 voluntário para realizarem esse trabalho.

Fez saber que os candidatos seleccionados vão frequentar uma formação técnica para saberem identificar focos de seca e cheias e os métodos para transmitir as informações credíveis.

Esses voluntários, acrescentou, vão também estar preparados para sensibilizar a população sobre o perigo e as formas de proceder perante uma enchente ou seca.

Sublinhou que o trabalho será de carácter voluntário e numa primeira fase os comités vão funcionar nas comunas de Evale, Mupa, Ondukusu, Mukolongodjo, Cubati e Calunga.

A província do Cunene tem sofrido, ciclicamente, com problemas de enchente e seca.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 13/02/2019 19:58:01

    Cunene com novos sistemas de alerta contra calamidades naturais

    Ondjiva - Seis novos sistema de alerta contra calamidades naturais serão instalados este ano, na província do Cunene, com vista antever e prevenir a população e as autoridades locais sobre eventuais ocorrências de cheias e secas na região.

  • 13/02/2019 18:38:26

    Famílias afectadas pela seca no Cunene recebem alimentos

    Ondjiva - Quarenta e uma mil e 360 famílias afectadas pela seca na província do Cunene vão beneficiar, nos próximos dias, de 98 toneladas de alimentos doados pelo Gabinete de Acção Social, Família e Igualdade de Género da circunscrição e pela Associação dos Jovens Provenientes da República da Zâmbia (AJAPRAZ).

  • 13/02/2019 03:51:02

    População afectada pela seca no Cunene beneficia de abastecimento de água

    Ondjiva - Pelo menos 249 mil e 189 pessoas afectadas pela seca na província do Cunene têm beneficiado de abastecimento regular de água potável para suprir a carência deste líquido resultante da falta de chuva nos últimos três meses, indicou terça-feira o comandante do Serviço de Protecção Civil, Paulo Calunga.