Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

09 Novembro de 2019 | 09h07 - Actualizado em 09 Novembro de 2019 | 09h07

Resenha Social: Anúncio da suspensão dos exames nacionais marca semana

Luanda - O anúncio do Ministério da Educação (MED) da suspensão dos exames nacionais previstos para o ano lectivo 2019, devido aos constrangimentos registados na sua preparação, informa fonte institucional., marcou a semana social, que hoje, sábado, termina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os exames nacionais são destinados aos alunos das classes de transição, designadamente 6ª e 9ª classe. O processo de exames nacionais já existia no sector de Educação até finais dos anos 80. Esse método foi interrompido devido à guerra.

Ainda no domínio educativa, fez manchete o anúncio do MED sobre a suspensão, caso não apresentem os seus documentos actualizados para o devido recadastramento até ao dia 20 deste mês, do salário de sete mil cento e 41 professores.

A medida foi tomada por força da última transição da carreira, que decorreu num período de 18 meses (Janeiro de 2018 a Maio de 2019), que teve em conta o perfil académico de cada profissional.

Mereceu igualmente a atenção noticiosa a informação de que 80.532 pessoas candidataram-se para preencher as 10 mil vagas disponibilizadas pelo Ministério da Educação (MED) para 2019.

Os exames de admissão acontecerão a 15 do corrente mês.

O reconhecimento do contributo de mais de uma dezena de mulheres angolanas na conquista da independência e na afirmação da cultura e do desporto nacional, pelo Presidente da República, João Lourenço, destacou-se também entre a midia social.

Constam dentre as individualidades condecoradas por João Lourenço a cantora e ex-integrante do agrupamento "Ngola Ritmos", Lourdes Van-Dúnem (a título póstumo), a escritora e professora universitária Irene Guerra Marques, à bióloga Adjany da Silva, , a cantora Maria Clara Monteiro, as empreendedoras Deolinda Bibiana, Domingas Cassanga, Verónica Segunda, Paula de Oliveira e Hermenegilda Chipuca.

A lista incluiu a campeã africana júnior em xadrez, Luzia Pires, as integrantes da Selecção Sénior Feminina de Andebol e Luzia Paim ( a título póstumo).

Na vertente ambiental, foi destaque a informação de que Angola está a trabalhar na elaboração de uma lista de sítios naturais para a sua inscrição como património natural na Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Fazem parte da lista os parques nacionais da Cangandala, do Iona, do Luengue-Luiana, o lago do Arco, e todas as nascentes da bacia do Okavango Zambeze até ao Kwanza.

Em termos de saúde, a semana foi marcada com a realização de uma acção de capacitação dos profissionais para a melhoria do sistema de saúde. Trata-se de 90 mil profissionais de saúde, incluindo auxiliares de limpeza e agentes dos serviços de segurança nas diversas unidades hospitalares que começam a ser capacitados, em todo país.

No domínio da segurança rodoviária, foi manchete noticioso o anuncio da Direcção Nacional de Viação e Transito (DNVT) de que o país regista, diariamente, 31 acidentes, com maior incidência nas províncias de Luanda, Benguela, Huambo, Malanje, Bié, Lunda Sul e Lunda Norte.

Dados disponibilizados DNVT indicam que, fruto dos acidentes em causa, diarimente, são registadas sete mortes e 34 feridos.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 08/11/2019 16:47:47

    DNVT regista 31 acidentes/dia nas estradas nacionais

    Luanda - O país regista, diariamente, 31 acidentes, com maior incidência nas províncias de Luanda, Benguela, Huambo, Malanje, Bié, Lunda Sul e Lunda Norte.

  • 07/11/2019 18:04:07

    PR valoriza mérito da mulher

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, reconheceu, nesta quinta-feira, o contributo de mais de uma dezena de mulheres angolanas na conquista da independência e na afirmação da cultura e do desporto nacional.

  • 07/11/2019 16:03:23

    Cidadã detida por colocar criança em risco vida

    Luanda - Uma cidadã, moradora da centralidade Vida Pacífica (Zango Zero), foi detida na quarta-feira, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), por determinação da Procuradoria-Geral da República, por colocar em risco a vida de uma criança de sete anos.