Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

17 Novembro de 2019 | 14h38 - Actualizado em 17 Novembro de 2019 | 14h36

Bié: Mais de cem mortos por acidentes de viação no Bié

Cuito - Cento e quatro pessoas morreram e 697 ficaram feridas, em consequência de 160 acidentes de viação, ocorridos na província do Bié, de Janeiro a Outubro de 2019.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi prestada,  hoje (domingo), durante um acto alusivo ao Dia Mundial das Vitimas de Acidentes nas Estradas, pelo chefe de Departamento de Transgressões e Acidentes da Direcção da Viação e Trânsito, do Comando Provincial da Polícia Nacional, intendente Adão Felipe Gaspar.

O responsável afirmou que comparativamente ao ano anterior, houve uma diminuição de duas mortes, enquanto que a quantidade de feridos e acidentes aumentaram para mais 57  e três,  respectivamente.

Entre os acidentes registados, destacam-se choques entres veículos e velocípedes com e sem motores, choques entre veículos automóveis, capotamento, despistes, e embates em obstáculos fixos.

Adão Felipe Gaspar frisou que os sinistros, além de provocarem mortes e feridos, também causaram danos materiais avaliados em 64 milhões e 291 mil e 200 Kwanzas, menos 14 milhões e 240 mil Kwanzas, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Apontou como  principais causas, a imprudências, falhas de travões, mau estado dos troços rodoviários, excesso de velocidade, condução em estado de embriagues, bem como a  não cedência de prioridade de passagem.

 Na ocasião, o governador da província do Bié em exercício, José Fernando Chatuvela, solicitou aos efectivos da Viação e Trânsito, em parceiras com outras instituições, a   redobrarem esforços na sensibilização e mobilização dos automobilistas, de forma a se reduzir cada vez mais  a quantidade de acidentes.

 Apelou aos automobilistas a pautarem pela prudência quando estiverem a conduzir, de forma a evitar acidentes e perca de vidas, até mesmo mutilações.

Enquanto na província da  Lunda-Norte este mal matou 69 pessoas, e na Lunda-Sul cinquenta e duas, nos últimos 10 meses.

As 69 aconteceram em consequência de 340 acidentes de viação, mais 140 casos em relação ao igual período de 2018.

A informação foi avançada  pelo director da Viação e Transito na Lunda Norte, Correia Coxi, a propósito da data hoje celebrada (Dia Mundial das Vítimas de Sinistralidade Rodoviária).

Face a esta situação, disse que a instituição tem reforçado o número de agentes reguladores nos pontos considerados críticos.

Enquanto,as cinquenta  e duas, representam uma redução de onze com relação a 2018.

Neste mesmo período,  a Direcção provincial da Viação e Trânsito (DPVT), local, registou 458 ferimentos pela mesma causa em virtude de 427 acidentes, o que deixou danos materiais avaliados em 54 milhões e 680 mil Kwanzas.

Em 2020, segundo José Manuel, a Polícia Nacional através da DPVT, prevê criar programas de educação, com maior incidência nas igrejas, escolas, e associações juvenis, com vista a contribuírem na disseminação da informação, sobre os cuidados a ter para evitar os acidentes e no respeito das normas de condução.

Anualmente celebra-se no terceiro domingo  do mês de Novembro o Dia Mundial em Memória às Vítimas da Estrada, adoptado pela ONU.

 A efeméride foi especialmente concebida para garantir que haja mobilização de toda a população mundial contra essa "violência previsível", para confortar os milhões de parentes e amigos das vítimas que sofrem e sofrerão para sempre as consequências.

Assuntos Acidentes  

Leia também
  • 17/11/2019 09:32:42

    Estradas sangrentas, vítimas lembram peripécias

    Luanda - Há 14 anos, Martinho da Cunha luta contra o passado, para apagar da mente a história do acidente brutal que quase "sentenciou" a sua vida.

  • 16/11/2019 21:37:15

    À beira da morte - Estradas continuam inseguras

    Luanda - As mortes por atropelamento nas estradas de Luanda, em particular na Avenida Deolinda Rodrigues, continuam a constituir sério problema para a sociedade.

  • 15/11/2019 18:16:04

    Acidente de viação causa cinco mortes

    Sumbe - Cinco pessoas morreram e 16 outras ficaram feridas em consequência de um acidente de viação ocorrido hoje, sexta-feira, na Estrada Nacional 100 que liga os municípios do Sumbe e do Porto-Amboim, província Cuanza Sul.