Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

17 Novembro de 2019 | 21h07 - Actualizado em 17 Novembro de 2019 | 21h07

Mais de 30 pessoas mortas por acidentes de viação no Cuando Cubango

Menongue - Trinta e três pessoas morrerem de Janeiro a Outubro do corrente ano vítimas de acidentes de viação na província do Cuando Cubango, mais cinco em relação ao igual período anterior.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os dados foram revelados hoje (domingo) pelo director provincial da Viação e Trânsito, superintendente Zaqueias Saluhoca, no âmbito do Dia Mundial das Vítimas nas Estradas, que foi assinalado com uma marcha nas principais artérias da cidade de Menongue, capital do Cuando Cubango.

Segundo o director, durante o período em análise foram registados 278 acidentes de viação, menos 59 em comparação com o período anterior, que causaram 289 feridos, menos 61, bem como danos materiais avaliados em 31 milhões, 148 mil kwanzas.

Os atropelamentos lideram a estatística com 95 ocorrências envolvendo 13 mortos e 98 feridos, seguindo-se despistes com 33 casos, colisão entre motociclos com 32, colisão entre veículos automóveis com 20, choques contra obstáculos fixos com 16, capotamentos com 16 e acidentes não tipificados com apenas um caso.

Avançou que a actividade de prevenção rodoviária continuará a ser realizada regularmente mediante a educação e sensibilização de todos os utentes da via pública.

A realização de algumas palestras dirigidas às instituições militares, escolares, instituições religiosas com objectivos de encorajar os infractores a observância do código de estrada e incutir na consciência dos cidadãos a primar por uma conduta exemplar na circulação rodoviária consta igualmente da agenda da direcção.

Leia também