Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

27 Novembro de 2019 | 19h41 - Actualizado em 27 Novembro de 2019 | 19h41

Mulheres polícias marcham em repúdio à violência doméstica

Mbanza Kongo - Mais de 60 mulheres afectas à Associação de Apoio a Mulher Polícia de Angola (AAMPA) do município de Mbanza Kongo, província do Zaire, realizaram hoje, quarta-feira, uma marcha de repúdio à violência doméstica e no local de trabalho.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Sob o lema “Fim da violência baseada no género e no mundo do trabalho”, a marcha enquadrou-se nas actividades comemorativas do 24º aniversário desta associação de mulheres polícias, a assinalar-se dia 15 de Dezembro.

Na ocasião, a coordenadora da AAMPA na província do Zaire, terceira subchefe de migração Celestina Isabel, disse que a iniciativa visa despertar a consciência dos cidadãos sobre a violência doméstica, um fenómeno que está a ganhar contornos alarmantes, nos últimos tempos.

Pediu aos órgãos do sector da Justiça no sentido de serem mais rigorosos na aplicação de penas aos eventuais autores dessas práticas.

Participaram na marcha, mulheres de distintos órgãos do Ministério do Interior na região.

O programa em alusão ao 24º aniversário da AAMPA no município do Mbanza Kongo inscreve actividades culturais, desportivas e recreativas, assim como palestras e visitas a locais de interesse histórico.

Leia também
  • 27/11/2019 12:35:40

    Explosão de engenho causa morte em Mbanza Kongo

    M'banza Kongo - Uma criança de seis anos morreu, nesta terça-feira, na aldeia de N'zau-Évua, município de M'banza Kongo, em consequência da explosão de um engenho.

  • 27/11/2019 05:04:41

    Minint quer combate cerrado contra violência doméstica

    Mbanza Kongo - O delegado provincial do Zaire do Ministério do Interior, Manuel Gonçalves, considerou, nesta terça-feira, em Mbanza Kongo, a violência doméstica como um flagelo social, cujo combate exige dos órgãos de justiça rigor na aplicação de penas.

  • 26/11/2019 14:08:07

    "Femicídio está a atingir níveis assustadores"

    Luanda - Três mil e 307 casos de violência doméstica foram registados pela Direcção Nacional dos Direitos da Mulher, Igualdade e Equidade no Género, de Janeiro a Setembro deste ano, número que as autoridades nacionais consideram preocupante.