Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

04 Dezembro de 2019 | 18h59 - Actualizado em 04 Dezembro de 2019 | 18h58

The Halo Trust retoma desminagem no Bié

Cuito - A operadora britânica de desminagem The Halo Trust anunciou hoje, quarta-feira, na cidade do Cuito, que vai retomar dia cinco deste mês os trabalhos de desminagem na província do Bié, depois de três anos de suspensão, por motivos financeiros.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Sapador da ONG THE HALO TRUST

Foto: Pedro Parente

A informação foi avançada à Angop, na cidade do Cuito, pelo oficial de ligação e informação da Comissão Nacional Intersectorial de Desminagem e Ajuda Humanitária (CNIDAH) da província do Bié, Ismael Brito, tendo sublinhado que numa primeira fase os trabalhos de desminagem vão beneficiar apenas o município do Cuemba.

No município do Cuemba, explicou, a The Halo Trust vai iniciar o trabalho de clarificação de zonas com cinco equipas de desminagens, depois irá estender a sua acção em outras regiões da província do Bié, onde o risco de minas e outros engenhos explosivo é eminente.

Fez saber que de 1994 a 2016, período que a The Halo Trust efectuou as operações de desminagens na província do Bié, conseguiu clarificar 318 campos minados, desactivou e destruiu 6.103 minas anti-pessoais, 1.503 minas anti-tanque e 66 mil e 102 outros engenhos explosivos.

Pontualizou que a retomada dos trabalhos de desminagem da operadora britânica de desminagem The Halo Trust tem o financiamento principal do governo dos Estados Unidos da América (EUA).

Esclareceu que, apesar desta Organização Não Governamental (ONG) interromper os trabalhos de desminagens, a mesma continuou a desenvolver acções de sensibilização em certas localidades da província do Bié, sobre o perigo que as minas representam nas comunidades.   

Apelou à população, principalmente do meio rural, a continuar a colaborar com as autoridades, no sentido de denunciarem sempre a existência de campos suspeitos ou minados, com vista a facilitar o trabalho dos operadores.

Os trabalhos de desminagem na província do Bié são efectuados pelo Instituto Nacional de Desminagem (INAD), Brigada C da 4ª Divisão das Forças Armadas Angolanas (FAA), 4ª e 6ª Brigadas de Desminagem da Casa de Segurança do Presidente da República, bem como o Departamento de Armas e Explosivo do Comando Provincial da Polícia Nacional.

Leia também
  • 30/11/2019 19:29:34

    Casamento marca Dia Nacional da Pessoa idosa no Bié

    Cuito - O casal José Ndete e Delfina Ussusse, de 59 e 64 anos de idade, utentes do lar da terceira idade (Elavoko Liymwenho) há mais de três anos, na cidade do Cuito, província do Bié, contraiu o matrimónio, neste sábado, marcando, deste modo, as comemorações do dia nacional do idoso.

  • 29/11/2019 15:13:14

    Restos mortais de Abel Abraão repousam no cemitério do Cuito

    Cuito - Os restos mortais do jornalista reformado da Rádio Nacional de Angola (RNA) Abel Abraão, de 57 anos de idade, foram a enterrar na tarde de hoje (sexta-feira), no cemitério municipal do Cuito (Bié).

  • 28/11/2019 21:28:05

    Delegação multissectorial no funeral de Abel Abraão

    Cuito - Uma delegação multisectorial chefiada pela secretária para os Assuntos Sociais do Presidente da República, Fátima Viegas, é esperada sexta-feira no Cuito, província do Bié, para assistir, no mesmo dia, ao funeral do jornalista Abel Abraão, vítima de morte súbita.