Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

09 Dezembro de 2019 | 06h04 - Actualizado em 09 Dezembro de 2019 | 10h40

Mais de 200 famílias de Calandula beneficiam de energia eléctrica

Malanje - Duzentas e 50 famílias da sede municipal de Calandula, provincia de Malanje, começaram, na última semana, a beneficiar de energia eléctrica da rede pública, no âmbito do projecto de electrificação do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Barragem de Capanda - Arquivo

Foto: Antonio Escrivao

As respectivas ligações constam da primeira fase de electrificação da vila de Calandula e arredores, que prevê beneficiar 10 mil famílias e o Pólo de desenvolvimento turístico desse município, até 2020, a partir duma subestação com capacidade de 110 kva.

A par das ligações os munícipes contam também com iluminação pública, através da mesma subestação.

Na ocasião, o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, que esteve no local para constatar as ligações domiciliares e pública, disse tratar-se de um projecto que vai funcionar interruptamente, porquanto a energia é garantida pelas centrais hidroeléctricas de Capanda e Laúca, ambas localizadas no município de Cacuso (Malanje).

Prometeu, por outro lado, que o município de Cangandala será o próximo a ser electrificado, até a conclusão faseadamente de todos os municípios de Malanje.

Acrescentou que dentro de seis meses começam a ser construídas linhas de alta tensão de Laúca para abastecer energia aos municípios de Quibala, Quitexe e Ecunha nas províncias do Cuanza Sul, Uíge e Huambo, respectivamente.

Garantiu que todos os municípios do país serão electrificados, através de barragens hidroeléctricas, bem como energia solar e eólica.

Por sua vez, o governador de Malanje, Norberto dos Santos, realçou que para além das incumbências do Ministério da Energia e Águas, o governo provincial vai continuar a trabalhar no sentido de levar energia eléctrica aos demais municípios para fomentar o surgimento de indústriais e consequentemente melhoria de vida dos cidadãos.

Enquanto isso, o técnico de departamento de engenharia do GAMEK (Gabinete de Aproveitamento do Médio Kwanza), Dombaxe Feijó, disse que a entrada em funcionamento da subestação de Calandula vem acabar com a central térmica que até então alimentava a vila e reduzir os custos de combustíveis.

Precisou que para 2020 está prevista, para além da expansão das ligações domiciliares e pública, a melhoria da rede de distribuição, através da criação de 200 novos pontos de interligação, que visam distribuir energia de qualidade aos munícipes.

Com uma extensão de sete mil e 37 quilómetros quadrados e uma população estimada em 90 mil habitantes, o município de Calandula dista a 85 quilómetros a oeste da cidade de Malanje e compreende 4 comunas, nomeadamente Cota, Cuale, Quinje e Cateco-Cangola.

Leia também
  • 07/12/2019 16:47:07

    Igreja Pentecostal doa bens à comarca de Malanje

    Malanje - Um donativo composto por bens alimentar de primeira necessidade, roupas usadas e produtos higiénicos foi entregue, este sábado, aos reclusos da comarca de Malanje, pela Igreja Pentecostal Ministério da Libertação e Fé.

  • 04/12/2019 20:06:57

    Reclusas em Malanje recebem bens

    Malanje - As reclusas do Estabelecimento Prisional Feminino da Província de Malanje, entre detidas e condenadas, receberam hoje, quarta-feira, bens alimentares, calçados, roupa usada e produtos de higiene, uma oferta da Igreja Pentecostal de Fé e Libertação.

  • 03/12/2019 19:17:53

    Portadores de deficiências clamam por emprego

    Malanje - Responsáveis da Associação Nacional dos Cegos e Amblíopes de Angola (ANCA) e a Associação Nacional de Deficientes de Angola (ANDA) da província de Malanje defenderam hoje, terça-feira, mais oportunidades de emprego para os seus filiados.