Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

21 Dezembro de 2019 | 01h09 - Actualizado em 21 Dezembro de 2019 | 01h09

Resenha Social: Linha SOS crianças e inauguração do Centro de Hemodiálises marcam semana

Luanda - A apresentação da linha de apoio denominado "SOS-Criança, pelo Ministério da Família e Promoção da Mulher (Masfamu), e a inauguração do Centro de Hemodiálises do Hospital Geral de Luanda, pelo Presidente da República, João Lourenço, marcam a semana social que hoje, sábado, termina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Para a linha SOS foi disponibilizado o terminal 15015 de uso gratuito, anónimo e confidencial, que se destina a prestar um serviço público de denúncias e de respostas de casos de crianças vítimas de violência a nível nacional, e deverá começar a funcionar no I semestre de 2020.

Em relação ao Centro de Hemodiálises destacou-se o pronunciamento da titular ministerial, Sílvia Lutucuta, que dá conta que, com a criação de centros, o Estado poupa mais de metade dos 15 mil milhões de Kwanzas gastos, anualmente, em pacientes com insuficiência renal.

A governante disse acreditar que o número de pacientes com insuficiência renal seja, actualmente, superior aos mil e 628 diagnosticados.

Ainda no domínio da saúde foi igualmente manchete a inauguração da indústria de gases medicinais onde a ministra Sílvia Lutukuta considerou de vital para o sector, por assegurar que todas as unidades hospitalares tenham oxigénio nas suas diversas formas, tanto no atendimento nas urgências como nos blocos operatórios.

No domínio da educação, a semana ficou marcada com a visita de constatação da ministra Ana Paula Tuavanje Elias ao Magistério Primário Mutu ya Kevela, onde reiterou  a aposta na capacitação e formação dos professores, como forma de elevar a qualidade do ensino.

Para o efeito, apontou os magistérios primários como os principais “celeiros” para a concretização dos objectivos preconizados pelo Executivo, no que a formação de docentes diz respeito.

No mesmo sector, dominou a semana o anúncio da disponibilização de mais de 12 mil vagas escolares para o próximo ano lectivo, com a inauguração de seis escolas do ensino primário, do I e II ciclos e do ensino médio, na centralidade do Zango 5.

Ainda no mesmo sector, a Procuradoria-Geral da República (PGR) determinou o confisco de uma escola primária e do I ciclo, localizada no Projecto KK5000, no município de Belas, em Luanda.

De acordo com o mandado de apreensão da PGR, o confisco foi determinado pelo Serviço de Recuperação de Activos, no âmbito do processo de investigação patrimonial, pelos crimes de participação em negócios e tráfico de influência.

No domínio social, a semana ficou marcada com a visita de trabalho da ministra de Estado para a Área Social, Carolina Cerqueira, à cidade da Praia (Cabo Verde), para a busca de experiência no combate à seca e assistência social às populações afectadas pelas calamidades naturais.

De acordo com a ministra, o país procura buscar a experiência de Cabo Verde na execução de programas destinados à mitigação dos efeitos da seca, bem como aos ligados à implementação de acções educativas e de saúde nas comunidades mais carenciadas.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 18/12/2019 15:38:41

    Angola busca experiência de Cabo Verde no combate à seca

    Luanda - A ministra de Estado para a Área Social, Carolina Cerqueira, abordou, nesta quarta-feira, na cidade da Praia (Cabo Verde), com as autoridades locais, a experiência no combate à seca e assistência social às populações afectadas pelas calamidades naturais.

  • 17/12/2019 19:28:08

    Luandenses "reinventam-se" no Natal

    Luanda - Como já se tornou tradição há várias dezenas de anos, as celebrações do Natal e Ano Novo prometem "agitar" as ruas do país, nos próximos 14 dias.

  • 16/12/2019 17:48:01

    Angola participa no Fórum Global sobre Refugiados

    Luanda - Angola participa nos dias 17 e 18 deste mês, em Genebra, Suiça, no Fórum Global sobre Refugiados (FGR).