Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

08 Março de 2019 | 23h36 - Actualizado em 08 Março de 2019 | 23h36

Cunene: Governo aposta na inclusão de mais mulheres em cargos de chefia

Ondjiva- O governador do Cunene, Vigílio Tyova, disse hoje, sexta-feira, em Ondjiva, que é aposta do seu governo incluir mais mulheres nos cargos de direcção e chefia para maior afirmação e equilíbrio do género na estrutura governativa da província.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cunene: Vigílio Tyova - Governador Provincial do Cunene.

Foto: José Cachiva

Falando no culto ecuménico em saudação ao Dia Internacional das Mulheres, assinalado hoje(8 de Março),  o governante disse esse processo já começou, pois actualmente há duas mulheres como administradoras municipais, o que não havia antes e mais senhoras nas funções de directoras de gabinetes províncias.

Disse estar consciente deste desafio inadiável para que as mulheres se sintam participe na vida política, social, governativa, empresária a até religiosa, favorecendo uma presença mais ampla e decisiva nas comunidades.

Explicou que os avanços significativos alcançados pela mulher na área da igualdade do género no país e na província, em particular, é fruto de políticas públicas assumidas pelo governo angolano, bem como os compromissos a escala internacional.

Para o govenador, o elemento crucial para assegurar a participação activa das mulheres é a criação de uma base firme de apoio à igualdade do género, que a seu ver,  só será possível se se cumprir com o dever de bom cidadão e lançar as bases para um processo inclusivo e sustentável.

Vigílio Tyova destacou a importância da efeméride para toda a humanidade, considerando que visa chamar a atenção para o papel da mulher e levar a uma tomada de consciência do valor da camada femina, constatar e rever preconceitos e limitações que vêem sendo impostos a elas.

O dia 8 de Março é desde 1975, comemorado pelas Nações Unidas como Dia Internacional da Mulher, depois que no ano de 1857,operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque entraram em greve, ocupando a fábrica, para reivindicar a redução de um horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 04/03/2019 09:59:48

    Nova Sé Catedral orçada em mais de akz 459 milhões

    Ondjiva- Quatrocentos e 59 milhões, 138 mil e 768 kwanzas foram disponibilizados pelo governo do Cunene para construção da nova Sé Catedral da Igreja Católica, em Ondjiva, inaugurada domingo pelo governador local, Vigilio Tyova.

  • 04/03/2019 09:45:32

    Vice-governadora defende maior proactividade das mulheres

    Ondjiva - A vice-governadora para o sector Politico, Social e Económico no Cunene, Suraya Mateus Kalongela, defendeu sábado, nesta cidade, maior proactividade das mulheres para ombrearem posições lado a lado aos homens na solução dos vários problemas da sociedade.

  • 25/02/2019 18:51:52

    Cunene aposta nos sectores de energia e águas

    Ondjiva - A melhoria da prestação nos sectores de energia e águas constituem as principais apostas do vice-governador do Cunene para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, Édio Gentil José, que nesta segunda-feira iniciou funções.