Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Março de 2019 | 13h12 - Actualizado em 15 Março de 2019 | 21h29

Huambo com cinco novas centrais de abastecimento de água

Huambo - A cidade do Huambo, capital da província com o mesmo nome, vai contar, até ao final deste ano, com cinco novas centrais de abastecimento de água potável em construção a partir do rio Cunhoñgamua, que vão permitir a realização de 17 mil novas ligações domiciliares.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo: Centro Captação e Tratamento de Água em Construção

Foto: AÚRELIO JANEIRO

Ao anunciar o facto hoje  à imprensa, o presidente do conselho de administração da empresa local de Águas e Saneamento, Adolfo Elias Gomes, disse que estão a decorrer, nos últimos dias, trabalhos de escavações para a montagem de uma nova conduta para o reforço da rede de distribuição do produto.

Esta conduta, segundo o responsável, vai ligar a central de distribuição da cidade alta com a do Cahululu, além de conectar a primeira com a do bairro Deolinda Rodrigues, visto que o sistema actual, a única fonte de distribuição a partir do rio Culimahala, é incapaz corresponder ao aumento de consumidores.

Sustentou que a actual central de captação, no rio Culimahala, tem a capacidade de bombear  2.730 metros cúbicos por hora, mas estão disponíveis apenas 1.360 metros cúbicos por dia, insuficientes para atender a demanda.

Adolfo Elias Gomes sublinhou que com o novo sistema, a cidade do Huambo contará com duas novas linhas de alimentação à central de distribuição da parte alta, que, por sua vez, vai atender a zona do aeroporto Albano Machado, os bairros da Calomanda, Capango e São Pedro.

Informou que com a entrada em funcionamento das cinco centrais de abastecimento, a cidade do Huambo passará a ter 46 mil metros cúbicos por dia, que cobrirão grande parte das zonas periféricas, com realce para os bairros Santo António, R21, Belém, Casseque I, II e III, Dango, Fátima, Capango, São Luís, Sassonde, Bomba Baixo, 8 de Fevereiro (Ferrovia), além de reforçar o sistema da cidade baixa.

Noutra parte das suas declarações, o responsável disse que a instituição, com financiamento do Banco Mundial vai, igualmente efectuar 21 novas ligações domiciliares, com previsão de atingir, nos próximos tempos, 90 mil ligações, para dar cobertura de  toda extensão da cidade do Huambo e arredores.

Actualmente 33 mil residências estão ligadas à rede de distribuição de água potável.

Assuntos Província » Huambo   Água  

Leia também
  • 14/03/2019 12:12:46

    Sistema de água potável do Chinguar em funcionamento experimental

    Chinguar- O novo sistema captação, tratamento e distribuição de água potável à população do município do Chinguar, 75 quilómetros a Oeste da cidade do Cuito, sede da província do Bié, entrou hoje (quinta-feira) em funcionamento experimental com mil e 500 ligações domiciliares.

  • 12/03/2019 23:50:05

    Técnicos das administrações municipais em formação

    Caála - Cinquenta técnicos das administrações dos municípios da Caála, Longonjo, Ucuma, Ecunha e Chinjenje, na província do Huambo, começaram a ser formados hoje, terça-feira, sobre metodologias de gestão do território.

  • 11/03/2019 17:59:35

    Sucesso da emancipação das mulheres depende da união

    Huambo - O sucesso da emancipação e empoderamento das mulheres no país dependem da união deste grupo social, formação académica, acesso ao emprego e demais oportunidades de caracter político e socio-económico.