Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Abril de 2019 | 20h54 - Actualizado em 15 Abril de 2019 | 20h54

Mais de cinco mil jovens formados pelo Inefop empregados em 10 anos

Ganda - Cinco mil e 40 jovens, dos 21 mil e nove formados de 2008 a 2018 pelo Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (Inefop), na província de Benguela, conseguiram o primeiro emprego durante este período, com realce para os sectores da construção civil, comércio, agronomia e prestação de serviços.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Jovens frequentam curso de corte e costura (arquivo)

Foto: Diniz Simão

Essa informação foi avançada hoje, no município da Ganda, pelo director provincial do Inefop, António Manuel Paulo, durante um encontro com mais de 200 jovens da circunscrição, no âmbito do dia da juventude angolana, comemorado neste domingo (14).

Na mesma senda, disse que as casas de digitalização de documentos, fotocópias e outros serviços informáticos, também têm absorvido uma quantidade razoável de mão-de-obra jovem em Benguela.

O responsável recordou que existem políticas de Estado para inserção da juventude no mercado do emprego, cabendo ao Inefop velar pela redução do desemprego no país, através da criação de centros de formação profissional, onde a juventude tem prioridade.

“Há estágios profissionais criados junto das empresas para os jovens formados nos centros do Inefop e incentivamos as entidades estatais e privadas a comunicarem as vagas de emprego existentes, em função das suas necessidades. Ao Inefop, cabe a responsabilidade de seleccionar os jovens com os perfis adequados”, explicou.

Nesta perspectiva, disse que os jovens têm sido encaminhados a essas empresas para sua inserção no mercado de trabalho, cumprindo com uma das políticas essenciais do Estado para com o bem-estar social da juventude.

Aconselhou a juventude a criar um espírito empreendedor, o que deve passar pela esquematização do que cada um sabe e pode fazer, sem depender de créditos bancários ou doações.

Na ocasião, referiu que cursos de pedreiro, canalização, serralharia, sapataria, corte e costura, mecânica auto, electricidade, bate-chapa e outros de formação itinerante foram ministrados em 15 unidades formativas fixas e móveis criadas nos municípios da Ganda, Cubal, Benguela, Lobito, Caimbambo, Catumbela, Chongoroi e Balombo.

Leia também
  • 14/04/2019 11:00:16

    Munícipes recolhem mil toneladas de lixo na Catumbela

    Catumbela - Cerca de dois mil habitantes do município da Catumbela, na província de Benguela, participaram neste sábado (13) numa mega campanha de limpeza da circunscrição, o que permitiu a recolha de pelo menos mil toneladas de resíduos sólidos, soube-se hoje.

  • 14/04/2019 10:54:20

    CASA-CE opõe-se a construção de unidade de mistura de fertilizantes junto a moradias

    Benguela - A construção em curso de uma unidade de mistura de fertilizantes nas imediações de residências, no bairro da Graça, arredores da cidade de Benguela, foi hoje reprovada pelo secretário provincial da Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA- CE).

  • 12/04/2019 21:08:54

    PGR atenta a paralisação de obras por fuga de empreiteiros

    Ganda - A paralisação, há mais de cinco anos, de algumas obras de construção de infra-estruturas sociais por fuga dos empreiteiros vai merecer a atenção da PGR na Ganda, afirmou nesta sexta-feira, à Angop, o sub-procurador adjunto da República junto do Serviço de Investigação Criminal local (SIC), Pedro Domingos Jamba.