Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

24 Abril de 2019 | 07h48 - Actualizado em 24 Abril de 2019 | 07h48

INEFOP insere 40 jovens no mercado de emprego na Lunda Sul

Saurimo - Quarenta jovens conseguiram o primeiro emprego na Lunda Sul, no primeiro trimestre deste ano, através do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os jovens foram seleccionados nos centros de emprego do município de Cacolo  e Saurimo, num universo de 3.526 pedidos de emprego,  dos quais 455 mulheres.

Comparativamente a igual período anterior, de acordo com o chefe  dos serviços  províncias da instituição, Rufino Quembo, houve um aumento, visto que havia registado apenas 27 jovens.

O aumento,segundo Rufino Quembo, que falava à Angop, deveu-se ao acordo alcançado com determinadas entidades empregadoras, de acordo a formação técnico profissional de cada beneficiário.

Os jovens foram formados nas áreas de serralharia, corte e costura e construção civil, repartidos em 20 para o sector público e igual número para privado, este último que optou mais por técnicos da área construção.

Reforçou que constitui uma das políticas de Estado para inserção da juventude no mercado do emprego, por este facto, INEFOP tem a missão de ajudar os mesmos através da formação e colocação, quando haver disponibilidade nas empresas.

O responsável aconselhou os jovens à procurem os centros de formação profissional para adquirirem conhecimentos técnicos e científicos.

Para o ano em curso, apontou como prioridade a formação contínua dos jovens e procurar convencer as empresas a aceitarem os formandos a estagiarem nas suas instituições, para aliar a teoria e a prática.

No presente ciclo de formação profissional foram matriculados 1.937 jovens.

Desde o ano formativo 2014, o INEFOP formou mais de quatro mil jovens em diversas áreas, nos três centros e pavilhões. Dez por cento destes já se encontram colocados nas mais diversas instituições públicas e privadas.

Leia também
  • 24/04/2019 06:38:15

    Zaire: Empresas acusadas de reter valores da segurança social

    Soyo - Algumas empresas do sector público e privado no município do Soyo, província do Zaire, furtam-se entregar ao Instituto Nacional da Segurança Social (INSS), na região, os comprovativos dos descontos feitos aos seus trabalhadores.

  • 23/04/2019 17:13:50

    LARDEF melhora bem-estar de 60 deficientes no Huambo

    Huambo - A Liga de Apoio à Integração dos Deficientes (LARDEF) vai, este ano, ofertar kits profissionais a 60 deficientes residentes na província do Huambo, para permitir que estes possam exercer actividades geradores de renda visando melhorar o seu bem-estar.

  • 23/04/2019 11:32:01

    Dois garimpeiros mortos em novo deslizamento no Chipindo

    Chipindo - Dois garimpeiros morreram neste fim-de-semana, enquanto um outro está desaparecido, numa zona de garimpo de ouro no Chipindo, província da Huíla, revelou hoje (segunda-feira) fonte do corpo de bombeiros.