Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

24 Abril de 2019 | 14h26 - Actualizado em 24 Abril de 2019 | 14h26

População de Cameia ganha centro social multifuncional

Lumege - A população do município da Cameia, província do Moxico, conta a partir de hoje, quarta-feira, com um centro social multifuncional, pertença da Igreja Católica, onde serão ministrados cursos de informática, aulas de alfabetização e de nutrição infantil.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vista parcial de uma das ruas do Município da Cameia

Foto: David Dias

Ao discursar no acto de inauguração do centro, o bispo da Diocese do Luena, Dom Jesus Tirso Blanco, disse que a construção do empreendimento visa ajudar na formação da população local, bem como a melhorar as condições sociais das pessoas.

Anunciou que, nos próximos tempos, a Igreja Católica vai erguer mais sete centros sociais multifuncionais em outras localidades da província do Moxico, para que mais pessoas possam beneficiar dos serviços destas infra-estruturas sociais.

Por sua vez, a directora provincial da Acção Social, Família e Igualdade do Género do Moxico, Leonora de Morais, enalteceu a iniciativa da Igreja Católica por construir o centro, visto que vai contribuir na formação e integração das pessoas, assim como ajudará no desenvolvimento das comunidades.

O centro denominado “Piera Grazia e Antonino Bruccoleri” comporta cinco salas de aulas, área de acompanhamento e assistência social e está a funcionar nas instalações da sede paroquial “Santo Ildefonso”.

Situado a 102 quilómetros a leste da cidade do Luena, capital da província do Moxico, o município da Cameia conta com uma população estimada em 27 mil e 640 habitantes (Censo2014), na sua maioria camponeses e pescadores.

Leia também
  • 24/04/2019 07:48:56

    INEFOP insere 40 jovens no mercado de emprego na Lunda Sul

    Saurimo - Quarenta jovens conseguiram o primeiro emprego na Lunda Sul, no primeiro trimestre deste ano, através do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP).

  • 24/04/2019 06:38:15

    Empresas acusadas de reter valores da segurança social

    Soyo - Algumas empresas do sector público e privado no município do Soyo, província do Zaire, não entregam ao Instituto Nacional da Segurança Social (INSS) os comprovativos dos descontos feitos aos seus trabalhadores.

  • 23/04/2019 17:13:50

    LARDEF melhora bem-estar de 60 deficientes no Huambo

    Huambo - A Liga de Apoio à Integração dos Deficientes (LARDEF) vai, este ano, ofertar kits profissionais a 60 deficientes residentes na província do Huambo, para permitir que estes possam exercer actividades geradores de renda visando melhorar o seu bem-estar.