Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Maio de 2019 | 22h41 - Actualizado em 12 Maio de 2019 | 22h40

Diocese de Menongue conta com novo bispo

Ondjiva - O novo Bispo da Diocese de Menongue (Cuando Cubango), Dom Leopordo Ndakalako, nomeado pelo Papa Francisco a 19 de Março de 2019, foi ordenado hoje, domingo, em Ondjiva, sua terra natural, numa cerimónia orientada pelo núncio Apostólico em Angola e São Tomé, Dom Peter Rajic.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em substituição de Dom Mário Lucumbi, por motivo de doença, a ordenação do novo bispo de Menongue ocorreu no recinto do bispado da Diocese de Ondjiva e contou com os co-ordenantes o arcebispo de Luanda Dom Filomeno do Nascimento Vieira Dias e o bispo de Ondjiva, Dom Pio Hipunhati.

O acto começou com a leitura pública do mandato apostólico perante os bispos ordenantes, seguindo-se os restantes passos do ritual, com destaque para a entrega das insígnias: anel, mitra, cruz  peitoral e báculo.

A cerimóni,a marcada por liturgia bíblica, cânticos e danças de alegria totalizou cinco horas, boa parte ocupada com intervenções em português, seguidas das traduções para a língua autóctone Kwanyama, Nhaneka-Humbe e Nganguela.  

Durante a homilia, o núncio enalteceu a função do bispo, que consiste em “propiciar o crescimento da Igreja, elevar a palavra de Deus e da união dos cristãos de modo que a igreja esteja cada vez mais fortalecida.

O prelado exortou ao recém-ordenado a manter-se firme na fé, recomendando humildade e dedicação, de modo a servir melhor na casa de Deus com respeito e responsabilidade.

Por seu turno, o novo bispo de Menongue, Dom Leopordo Ndakalako jurou cumprir com a missão confiada, contando com o amparo esperado dos pares da CEAST, do clero e de todos os cristãos na oração.

O lema do ministério episcopal de Dom Leopordo Ndakalako ”Deus é a minha força” que foram ao longo de 21 anos de sacerdócio, fonte de inspiração permanente de afecto, força e confiança no senhor que o chamou ao serviço do evangelho.  

À margem da cerimónia de ordenação, o governador do Cuando Cubango, Pedro Mutindi, reiterou a disponibilidade do governo a trabalhar em parceria com a Igreja para o resgate dos valores cívicos e morais.

Manifestou a satisfação com a consagração do novo bispo para região, que durante um ano e meio esteve sem bispo, realçando que a missão de Dom Leopordo Ndakalako vai permitir espalhar a fé e unir cada vez mais as populações daquela parcela nacional.

Testemunharam a cerimónia arcebispos e bispos das 18 províncias do país, os governadores do Cunene e Cuando Cubango, Vigílio Tyova e Pedro Mutindi, o Secretario de Estado da Comunicação Social, Celso Malavoloneque, membros do Governo central e local entre outros convidados nacionais e namibianos.

Biografia

De acordo com a biografia contida no guião litúrgico distribuído na ocasião, o consagrado nasceu em Ohakaonde, comuna de Môngua, município do Cuanhama, província do Cunene, a 13 de Dezembro Outubro de 1968, filho de Marcelino Mwaupikange e Cecília Naufiku.

Fez os seus estudos propedêuticos e filosóficos no Seminário padre Leonardo Sikufinde do Lubango e no Seminário Maior de Cristo Rei do Huambo e teologia na universidade Urbaniana de Roma.

Foi ordenado presbispero aos 14 de Dezembro de 1997  na Missão Católica de Omupata, Diocese de Ondjiva e doutorado em filosofia pela pontifícia universidade Urbaniana e exerceu as funções de vigário geral da diocese de Ondjiva até a sua nomeação.

De realçar que a Igreja Católica conta com quatro bispos naturais da província do Cunene, nomeadamente Fernando Kevano Guimarães, bispo emérito de Ondjiva (1988), Dom Dionísio Hisilenapo Bispo do Namibe (2011), Dom Pio Hipunhati bispo de Ondjiva (2012) e  Dom Leopordo Ndakalako (2019).

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 12/05/2019 21:30:26

    Núncio Apostólico encoraja Executivo no combate à seca

    Ondjiva - Núncio Apostólico em Angola, Dom Petar Rajac, encorajou, sábado, em Ondjiva, o Executivo angolano a materializar os programas que visam mitigar os efeitos da seca na província do Cunene.

  • 05/11/2018 15:52:29

    Infracções ao código de estrada reduzem no Cunene

    Ondjiva - Sessenta e oito casos de infracções ao código de estrada foram registados, nos últimos sete dias, no Cunene, contra 139 registados na semana anterior, pelo tal "diminuição considerável" deveu-se ao reforço das acções de sensibilização nas principais vias pública de maior tráfego rodoviário.

  • 03/11/2018 15:01:13

    Gado furtado devolvido aos proprietários

    Ondjiva - Onze cabeças de gado bovino furtadas nos últimos sete dias, na província do Cunene, foram recuperadas e restituídas aos seus legítimos proprietários, numa acção de prontidão e resposta ao crime do Comando da Polícia Nacional na região.