Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

16 Maio de 2019 | 02h41 - Actualizado em 16 Maio de 2019 | 02h41

Conselho da família contra publicidades imorais

Dondo - Os delegados do XXII Conselho Nacional da Família que encerrou quarta-feira, no Dondo, município de Cambambe, província do Cuanza Norte, recomendaram aos órgãos de comunicação social a evitarem publicidades com conteúdos imorais e contrários aos bons costumes angolanos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo o comunicado final do encontro, os participantes solicitaram aos responsáveis dos órgãos de comunicação social do país a rever e reformular as suas políticas de divulgação de publicidade, porque algumas delas atentam contra certos princípios e valores sociais e culturais dos angolanos.

Ressaltou que há publicidades com mensagens que incentivam ao nudismo, imoralidades, entre outras práticas incorrectas.

Defenderam ainda a necessidade da promoção de mais actividades inerentes à moralização da sociedade, por partes das administrações municipais, igrejas, entre outros actores da sociedade civil.

Pretendem também o reforço da parceria entre as administrações municipais com as igrejas, organizações da sociedade civil e autoridades tradicionais, com vista à promoção de acções de resgate de valores na sociedade e consolidação da estrutura familiar.

Incentivaram o diálogo permanente no meio familiar, por ser ferramenta importante na resolução de conflitos.

O encontro, orientado pela ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Faustina Alves, teve o objectivo de engajar a sociedade nas acções de moralização familiar, promover jornadas de reflexão e identificação dos principais desafios inerentes às competências familiares, incentivar os jovens a participarem activamente no processo de desenvolvimento do país, entre outros propósitos.

O Conselho Nacional da Família é um órgão de consulta do Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, que reúne anualmente para tratar de assuntos ligados à situação da família em Angola nos vários domínios da sociedade.

A cidade do Dondo acolheu, igualmente, o acto central do 15 de Maio, Dia Internacional da Família.

Leia também
  • 16/05/2019 01:58:14

    Responsável incentiva relações amistosas na família

    Dondo - O secretario do Estado da Educação para o Ensino Geral, Pacheco Francisco, condenou quarta-feira, no Dondo, município de Cambambe, província do Cuanza Norte, a prática da violência no meio familiar e incentivou os seus membros a primarem por relações de amizade, paz, amor e harmonia.

  • 15/05/2019 16:19:09

    Acção Social quer valorização da dignidade humana

    Lubango - O chefe de departamento de políticas familiares do gabinete provincial da Família e Igualdade de Género da Huíla, Estêvão Baptista Chamuene, aconselhou, nesta quarta-feira, as famílias a estabelecer planos de educação baseados na experiência dos ancestrais, fundamentados em preceitos do bem viver, do respeito, da dignidade e do amor ao próximo.

  • 15/05/2019 15:47:49

    Transportes viola Lei das Acessibilidades

    Dondo - O director nacional da Inclusão da Pessoa com Deficiência do Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Micael Daniel, apontou, nesta quarta-feira, o sector dos transportes como o mais incumpridor da Lei das Acessibilidades em Angola.