Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

22 Maio de 2019 | 21h37 - Actualizado em 22 Maio de 2019 | 21h36

Diplomata angolana na ONU defende apoio aos refugiados

Luanda - A embaixadora de Angola junto às Nações Unidas, Maria de Jesus Ferreira, defendeu, nesta quarta-feira, o apoio ao acolhimento de refugiados africanos pelo mundo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Maria de Jesus Ferreira, que participa da Série de Diálogos sobre África na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, reafirmou a necessidade de os estados garantirem a assistência aos refugiados e deslocados, como forma de se manter a dignidade humana.

A diplomata, que falava no programa ONU News, afirmou que a assistência aos refugiados tem um grande significado, visto que são parte de um todo, de uma população e que nenhum país vive sozinho.

Para a diplomata, a assistência aos refugiados encara em si um sentimento de irmandade, peça chave para se garantir o bem-estar de quem necessita de apoio.

“A irmandade reúne em si vários sentimentos humanitários, nomeadamente o direito à vida, à educação e o direito à saúde”, asseverou.

Cita exemplos de Moçambique e Namíbia para defender a inclusão de deslocados.

Angola acolhe 70 mil refugiados e candidatos a asilo.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 22/05/2019 15:50:16

    Quadro clínico da criança torturada é estável

    Luanda - A equipa multidisciplinar do Hospital Geral de Luanda, constituída para o acompanhamento da criança torturada por uma oficial polícia, considerou, nesta quarta-feira, estável o quadro clínico da paciente.

  • 22/05/2019 15:35:11

    Profissionais defendem sinal da midia em todo país

    Luanda - Os profissionais da comunicação social defenderam, nesta quarta-feira, em Luanda, o reforço da expansão do sinal de rádio, televisão e de outros órgãos de comunicação e informação às zonas mais recônditas do país.

  • 21/05/2019 11:33:01

    ERCA quer observância das boas práticas do jornalismo

    Luanda - O Conselho Directivo da Entidade Reguladora da Comunicação Social Angolana (ERCA) exortou, nesta terça-feira, em Luanda, para o respeito escrupuloso às boas práticas do jornalismo, em particular o televisivo, a fim de evitar a capitalização do sensacionalismo.