Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

23 Maio de 2019 | 13h47 - Actualizado em 23 Maio de 2019 | 13h46

INAC realiza semana de reflexão contra a violência infantil

Luanda - O Instituto Nacional da Criança (INAC) realiza de 25 a 31 de Maio em todo o país a semana de reflexão sobre violência contra criança com a realização de conferências, mesas redondas e palestras, anunciou, nesta quinta-feira, em Luanda, o responsável da instituição, Paulo Kalesy.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em entrevista à Angop, Paulo Kalesy informou que a abertura acontece na cidade de Caxito, província do Bengo,  no dia 25, com uma marcha de repúdio contra os maus tratos e violência.

As actividades irão decorrer em todo o país, no âmbito da jornada da criança que decorre de 1 a 16 de Junho, em comemoração do Dia Internacional da Criança e do Dia da Criança Africana, respectivamente.

Em 2018, a instituição registou 4.475 casos de violência contra os petizes, metade da qual tem a ver com fuga à paternidade, seguindo-se violência física, sexual, raptos, abandono e o trabalho infantil.

De Janeiro a Maio deste ano a instituição registou perto de mil casos de violência contra à criança em todo o país.

O Instituto Nacional da Criança é uma instituição pública e tutelada pelo Ministério da Acção Social  Família e Promoção da Mulher.

Cabe ao instituto garantir a nível nacional a execução das políticas do Governo, no domínio da advocacia, investigação e protecção social da criança. Exerce a sua actividade em todo o território nacional, através de serviços provinciais, tendo a sua sede em Luanda.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 22/05/2019 21:37:02

    Diplomata angolana na ONU defende apoio aos refugiados

    Luanda - A embaixadora de Angola junto às Nações Unidas, Maria de Jesus Ferreira, defendeu, nesta quarta-feira, o apoio ao acolhimento de refugiados africanos pelo mundo.

  • 22/05/2019 15:50:16

    Quadro clínico da criança torturada é estável

    Luanda - A equipa multidisciplinar do Hospital Geral de Luanda, constituída para o acompanhamento da criança torturada por uma oficial polícia, considerou, nesta quarta-feira, estável o quadro clínico da paciente.

  • 22/05/2019 15:35:11

    Profissionais defendem sinal da midia em todo país

    Luanda - Os profissionais da comunicação social defenderam, nesta quarta-feira, em Luanda, o reforço da expansão do sinal de rádio, televisão e de outros órgãos de comunicação e informação às zonas mais recônditas do país.