Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

30 Maio de 2019 | 17h54 - Actualizado em 30 Maio de 2019 | 17h54

Projecto de reintegração beneficia ex-militares

Menongue - Pelo menos 120 ex-militares e 480 pessoas vulneráveis residentes em zonas rurais da província do Cuando Cubango foram inseridos, este ano, projectos agro-pecuários e de empreendedorismo, no âmbito do Programa de Reforço de Reintegração.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada hoje, quinta-feira, à imprensa, em Menongue, pelo chefe provincial do Instituto da Reintegração Sócio- Profissional dos Ex-militares (IRSEM) do Cuando Cubango, João Borges, tendo referido que o projecto, avaliado em 10 milhões e 720 mil kwanzas, é financiado pelo Executivo angolano.

Com está verba, ressaltou, já foi possível comprar cabeças de gado bovino e de caprino, material agrícola entre outros bens.

Explicou que essa iniciativa, denominada Acção Geradora de Oportunidade de Reintegração dos ex-militares e grupo de pessoas vulneráveis, ajudar os antigos combatentes e viúvas e órfãos de guerra a desenvolver a agricultura e pecuária, no sentido de criarem renda e combater a fome a pobreza, nesta franja da sociedade.

Os beneficiários, aclarou, estão inseridos em grupos, sendo que cada associação recebeu cabeças de gado bovino para ajudar a cultivar a terra e para reprodução.

Acrescentou que as associações receberam ainda gado caprino para a reprodução animal.

Existem na província do Cuando Cubango cerca de 13 mil ex-militares.

Leia também
  • 30/05/2019 17:33:40

    Gambos avança com programa de emergência contra a seca

    Gambos - O governo da Huíla começou esta semana a implementar o programa de emergência contra a seca, com a reparação de vias alternativas de acesso às zonas mais afectadas, reabilitação e construção de sistemas de água no município dos Gambos, a 156 quilómetros a sul do Lubango, província da Huíla.

  • 30/05/2019 17:11:50

    Inspecção do Trabalho regista 431 infracções laborais no Bié

    Cuito - Quatrocentas e trinta e uma infracções laborais foram detectadas no primeiro trimestre deste ano, nos municípios do Cuito e Andulo, província do Bié, pela Inspecção Geral do Trabalho (IGT), mais 166 casos em relação ao mesmo período de 2018.

  • 30/05/2019 16:35:24

    Responsável apela empresas a contratar alunos do INEFOP

    Cuito - A directora provincial do Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional (INEFOP) do Bié, Ester Faria, apelou hoje, quinta-feira, na cidade do Cuito, às empresas privadas a contratar mais jovens formados pelos centros de artes e ofícios da região.