Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

20 Junho de 2019 | 09h25 - Actualizado em 24 Junho de 2019 | 08h36

Consumo de drogas compromete futuro da juventude

Menongue - O chefe de Departamento de Monitorização, Formação e Relações Internacionais do Instituto Nacional de Luta Antidrogas (INALUD), Rui Marcelino, afirmou quarta-feira, em Menongue, que o consumo de drogas tem comprometido o futuro de jovens que deveriam contribuir para o desenvolvimento do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à imprensa, à margem da abertura da Unidade de Intervenção Local do INALUD, Rui Marcelino disse que o consumo de drogas provoca a debilitação da saúde, depressão do sistema nervoso central, redução do grau de assimilação, bem como o aumento do nível de delinquência.

Segundo o responsável, com o aumento de toxicodependentes, torna-se necessário que haja maior entrega de todos, para formar, sensibilizar, aconselhar e prevenir os jovens de entrarem para o mundo das drogas.

Informou que o INALUD tem por objectivos determinar e criar políticas e mecanismos de combate às drogas e à toxicodependência, tendo também como foco sensibilizar os jovens a absterem-se do uso de estupefacientes e de outras substâncias psicotrópicas.

Referiu que, junto das administrações municipais e comunais, serão realizadas palestras para informar e dialogar com os jovens, para a erradicação do consumo de tais substâncias.

Avançou que a direcção do INALUD na província vai ainda trabalhar com o Centro de Reabilitação de Toxicodependentes, de maneira a alcançarem-se resultados satisfatórios neste processo.

Na sua intervenção, o director provincial da saúde no Cuando Cubango em exercício, Emílio Paulo Cambinda, revelou que o Governo, dentro das suas políticas viradas para a população, tem vindo a implementar um conjunto de medidas que visam desencorajar as más práticas, para que se tenha cidadãos sãos e qualificados e que contribuam para o desenvolvimento do país.

Fez saber que o sector da Saúde tem enfrentado dificuldades, mas, com a abertura do centro, espera-se que os utentes encontrem respostas e auxílio dos profissionais.

O Centro de Reabilitação de Toxicodependentes, afecto à Cruz Azul de Angola, localizado no bairro Castilho, arredores da cidade de Menongue, capital do Cuando Cubango, aberto desde 2016, já reabilitou 216 doentes, dos quais 51 mulheres.

Leia também
  • 15/06/2019 05:14:16

    Responsável advoga necessidade da protecção da criança

    Menongue - A necessidade das Forças Armadas Angolanas (FAA) continuarem a conjugar esforços no sentido de asseguramento dos deveres e direitos dos menores em todo o país, foi defendida nesta sexta-feira, em Menongue, pela chefe do serviço provincial do Instituto Nacional da Criança , Aida Rosalina Pedro Manuel.

  • 13/06/2019 20:10:24

    INAC regista seis casos de violência contra criança

    Menongue - Um caso de fuga à paternidade e cinco agressões física contra menores foram registados, de Janeiro a Junho deste ano, pelo Instituto Nacional da Criança (INAC) na província do Cuando Cubango.

  • 12/06/2019 18:01:17

    Parlamento promove campanha a favor do Leste do país

    Luanda - A Assembleia Nacional (AN) promove, a partir de hoje, quarta-feira, uma campanha de solidariedade de recolha de donativos para apoiar a população afectada pela seca na região do centro e sul do país.