Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

25 Junho de 2019 | 13h23 - Actualizado em 25 Junho de 2019 | 13h21

Casos de violência infantil aumentam no Moxico

Luena - Oito casos de violência contra crianças foram registados de Janeiro a presente data pelo Instituto Nacional da Criança (INAC) no Moxico, envolvendo 18 menores, mais dois em relação a igual período anterior, informou hoje (terça-feira), o chefe de secção provincial para a Protecção e Promoção dos Direitos da Criança, Elias Samuxito Muanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A acusação de feitiçaria, fuga a responsabilidade paternal e abandono infantil, foram apontadas pelo Elias Muanda, como as principais causas das infracções que afectaram petizes com idades compreendidas entre zero a 17 anos.

Esclareceu que os seis casos registados em 2018 foram causados pelas críticas condições económicas de famílias, maltratos, desestruturação familiar, falta de conhecimento da legislação que proíbe o trabalho infantil.

Nos casos que envolveram rapazes, o INAC recorreu ao Centro de Acolhimento de crianças vulneráveis “ANAJETU”, afecto a Igreja Católica, que ofereceu abrigo provisório.

Em caso de meninas, acrescentou, foram accionados mecanismos em parceria com a administração municipal para o devido tratamento, enquanto os menores em conflito com a lei, geralmente enviados às instanciais judiciais envolvem crianças que vivem na rua, sem avançar números.

Leia também
  • 25/06/2019 13:07:26

    Horticultura dinamiza vida de idosos

    Malanje - O Gabinete Provincial da Acção social, Família e Promoção da Mulher está a desenvolver, desde o início deste mês, um projecto de horticultura terapêutica ocupacional para idosos, visando melhorar o seu aspecto físico, psicológico e social.

  • 25/06/2019 11:25:26

    Falta de verba condiciona funcionamento de Centro no Moxico

    Luena - A falta de recursos financeiros condiciona a abertura ao público do Centro de acolhimento de crianças vulneráveis, inaugurado em 2015, na cidade do Luena, informou hoje (terça-feira), à Angop, a directora do Gabinete Provincial da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Leonor Mbimbi de Morais.

  • 24/06/2019 13:51:35

    SJA exorta jornalistas a queixarem-se das intimidações sofridas

    Luanda - O secretário-geral do Sindicato de Jornalistas Angolanos (SJA), Teixeira Cândido, apelou nesta segunda-feira, em Luanda, aos jornalistas para apresentarem queixa à polícia face às intimidações que muitos sofrem na cobertura de julgamentos de casos mediáticos no país.