Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Julho de 2019 | 00h43 - Actualizado em 15 Julho de 2019 | 00h43

Associados da Amotrang recebem licenças de condução de velocípedes

Malanje - Cinquenta membros da Associação dos Motoqueiros de Angola (Amotrang), em Malanje, receberam sábado, nesta cidade, licenças de condução de velocípedes e capacetes, numa iniciativa da administração municipal de Malanje, que visa combater a sinistralidade rodoviária e acabar com a condução ilegal.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A iniciativa surge para fazer face ao elevado número de kupapatas “Mototaxista” que conduzem ilegalmente na cidade de Malanje e consequentemente causam muitos acidentes rodoviários.

Na ocasião, o administrador municipal adjunto de Malanje para a área financeira, Leonel Francisco, referiu que a iniciativa faz com que os motoqueiros associados na Amotrang conheçam as medidas que o governo da província tomou para diminuir os acidentes de viação decorrentes da condução ilegal de motorizadas ao serviço de táxi.

Precisou que a Administração Municipal de Malanje vai continuar a trabalhar com as Associações de moto-taxistas para sensibilizar os seus associados a fim de respeitarem os pressupostos do código de estrada, mormente o uso de capacetes e a condução legal.

Leonel Francisco aconselhou os moto-taxistas a evitar circular na via pública com motorizadas sem documentos, com destaque para a carta ou licença de condução, e chapa de matrícula.

Por sua vez, o secretário provincial da Amotrang, Hete Caculo agradeceu o gesto da administração municipal de Malanje, uma vez que os meios vão ajudar sobremaneira no trabalho de moto-táxi.

Precisou que os associados que receberam as licenças de condução tiveram uma formação de dois meses sobre normas e código de estrada e nesta altura 410 destes, estão devidamente licenciados pela administração municipal de Malanje e podem desempenhar a actividade de táxi.

Fez saber ainda que a agremiação conta também com associados nos municípios de Cacuso, Calandula, Cangandala, Caculama e Kiwaba-Nzoji.

A Amotrang em Malanje existe há três anos e controla actualmente cerca de dois (2) mil e 500 associados.

 

Leia também
  • 14/07/2019 23:52:30

    Automobilistas esclarecidos sobre sinistralidade rodoviária

    Saurimo - Os automobilistas do município de Saurimo (Lunda Sul) foram sensibilizados sábado, nesta cidade, a contribuir para o combate a sinistralidade rodoviária, face aos vários acidentes que ocorrem nas vias do país e em particular da província.

  • 13/07/2019 19:42:28

    UNICEF quer dinamismo da Rede de Protecção das Crianças

    Luena - A Rede Provincial de Protecção a Criança no Moxico deve reforçar e alinhar a sua actuação ao novo modelo de administração Local do Estado, para uma maior protecção dos menores, defendeu hoje, no Luena, a consultora do UNICEF, Maria Aparecida de Roussan.

  • 13/07/2019 10:56:44

    Cuanza Norte: Ex-militares beneficiam de kits de trabalho

    Ndalatando - Onze ex-militares residentes no município do Cazengo, província do Cuanza Norte, beneficiaram este sábado, em Ndalatando, de kits de trabalho, no quadro do processo de reintegração social dos mesmos na vida sócio-profissional.