Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Julho de 2019 | 16h49 - Actualizado em 11 Julho de 2019 | 19h57

Recolhidas mais de nove toneladas de bens para vítimas da seca

Ndalatando - Cerca de nove toneladas de bens diversos foram angariados, durante trinta dias, pela emissora provincial da Rádio Nacional de Angola (RNA) do Cuanza Norte, no âmbito da campanha solidária de recolha de donativos para as vítimas da seca do sul do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

donativo para as vítimas da seca

Foto: Kinda kyungu

A informação foi avançada hoje, quinta-feira, à imprensa, em Ndalatando, pelo director da emissora provincial da RNA do Cuanza Norte, Abílio Correia, tendo referido que a doação é constituída por alimentos não perecíveis, vestuário, calçados, água de mesa, entre outros bens.

Disse que os bens foram oferecidos pelas igrejas, Organizações Não Governamentais, instituições públicas e privadas, bem como por pessoas singulares, que se solidarizaram com a causa, no sentido de minimizar a carência vivida pela população afectada pela seca nas províncias do Cunene, Huíla, Cuando Cubango e Namibe, respectivamente.

Cuanza Sul

O Governo Provincial do Cuanza Sul recolheu mais de 154 toneladas de bens de primeira necessidade que hoje, quinta-feira, estão a ser transportados para a cidade de Ondjiva (Cunene), para apoiar os sinistrados da estiagem.

Os bens são compostos por arroz, fuba, massa alimentar, água de mesa, sal, açúcar, milho, óleo vegetal, peixe seco, café, caçados, roupa usada, além de medicamentos e  309 mil 070 kwanzas.

Na ocasião, o governador da província do Cuanza Sul, Job Capapinha, enalteceu o gesto de quem aderiu à campanha, por ser uma atitude patriota e solidária para com as vítimas da seca das regiões do Cunene, Cuando Cubango, Namibe e Huíla.

“Hoje presenciamos a transportação da nossa doação para a província do Cunene, porém continuamos abertos a novas contribuições, no intuito de minimizar as dificuldades dos nossos concidadãos”, ressaltou.

Luanda

Luanda - Mais de duas toneladas de produtos diversos para ajudar as vítimas da seca no Sul de Angola foram recolhidas no município do Cazenga, província de Luanda, numa iniciativa da administração municipal local.

Os bens serão entregue, nos próximos dias, ao Governo da Província de Luanda para serem encaminhados às províncias do Namíbe, Huíla, Cuando Cubango e Cunene, respectivamente.

O administrador municipal do Cazenga, Albino da Conceição, disse que os produtos recolhidos de acordo a dimensão da circunscrição e agradeceu o apoio das pessoas, empresas e outras instituições envolvidas para o êxito da campanha de recolha de donativos.

Bié

Pelo menos mais quarenta e nove toneladas de bens diversos foram entregues, hoje, ao Governo provincial do Bié, pelas administrações municipais do Andulo, Nharêa, Camacupa e Catabola.

O vice-governador provincial para o sector Político, Social e Económico do Bié, Carlos da Silva, disse à Angop, que estes produtos juntam-se a outras doações, numa quantidade de cem toneladas, já recebidas das instituições públicas, privadas e pessoas singulares.

Realçou a sensibilidade da população da província do Bié em acudir as vítimas da seca, salientado que o gesto demonstra uma clara manifestação de solidariedade para com os povos mais carenciados.

Cunene

Oitenta e seis toneladas de bens alimentares e fardos de feno foram doados hoje, na cidade de Ondjiva, província do Cunene, pela empresa de construção civil Omatapalo, para apoiar à população e gado afectado pela seca na região.

Entre os produtos entregues ao governador do Cunene, Vigilio Tyova, constam 20 toneladas de milho, 20 toneladas de sal, 10 toneladas de feijão, mil caixas de óleo alimentar, bem como 36 toneladas de feno para alimentação do gado bovino.

Vigilio Tyova agradeceu o gesto solidário da empresa Omatapalo pela oferta que considerou importante para ajudar a minimizar a carência alimentar da população e do gado afectado pela estiagem.

Leia também
  • 11/07/2019 17:35:39

    Polícia detém pastor congolês acusado de abuso sexual

    Luanda - As autoridades policiais angolanas detiveram na quarta-feira, em Luanda, um pastor de nacionalidade congolesa da Igreja do Espírito Santo (IESA), acusado de abusos sexuais e de ter engravidado uma adolescente, informou fonte da Polícia Nacional (PN).

  • 11/07/2019 16:08:54

    Retrato falado sobre a morte de Chinho é falso - SIC

    Luanda - O Serviço de Investigação Criminal (SIC) refuta ter divulgado o retrato falado de um dos presumíveis autores do assassinato do ex-jogador João dos Santos de Almeida "Chinho".

  • 11/07/2019 14:26:42

    Governador incentiva denúncia de actos ilícitos

    Luena - O governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, incentivou hoje, quinta-feira, na cidade do Luena, os jovens a denunciarem actos ilícitos, de forma a ajudar no programa de combate à corrupção e o nepotismo no país.