Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

19 Julho de 2019 | 22h04 - Actualizado em 22 Julho de 2019 | 12h54

EPAL exonera director suspeito de garimpo de água

Luanda - O Conselho de Administração da Empresa Pública de Águas de Luanda (EPAL) exonerou hoje (sexta-feira) o seu director para segurança empresarial, Ivan Mateus, por suposto envolvimento no desvio de condutas e garimpo de água.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Estação de tratamento e captação de água da EPAL

Foto: arquivo

Uma comissão de inquérito para averiguação das denúncias públicas relacionadas com o envolvimento deste trabalhador e de outros no garimpo foi também constituída pela direcção da EPAL.

Em conferência de imprensa em resposta ao flagrante a Ivan Mateus no programa "Na lente" da TPA, exibido na noite de quinta-feira, o PCA da EPAL, Fernando João Cunha, afirmou que todas as direcções cessantes tiveram o compromisso de tentar baixar o garimpo e o desvio de condutas de água, situação difícil devido ao enraizamento que este processo tem.

"O director em serviço estava a fazer exactamente aquilo que a EPAL deve fazer, combater o garimpo de água, mas no final mostrou-se implicado na situação e como decisão foi tomada uma medida disciplinar", afirmou.

Segundo o PCA, além da cessação das funções de director de segurança empresarial, foi dirigida uma carta à Procuradoria Geral da República para que se investigue o que se passa, não apenas com este director da EPAL, mas com os outros trabalhadores que tenham sido denunciados.

A EPAL perde diariamente nove milhões de kwanzas como consequência do garimpo de água e desvio de conduta.

Assuntos Crime   Província » Luanda   Água  

Leia também
  • 22/07/2019 14:42:23

    Mais de dois mil casos contra crianças em seis meses - Ruth Mixinge

    Luanda - A secretária de Estado para Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Ruth Mixinge, destacou hoje (segunda-feira) , em Luanda, que 2.106 casos de violência contra menores foram registados pelo INAC no primeiro semestre deste ano.

  • 20/07/2019 16:45:25

    Requalificada bacia de retenção de água da subzona 18 do Kilamba Kiaxi

    Luanda - Um projecto de requalificação da bacia de retenção de água da subzona 18, no município do Kilamba Kiaxi, foi lançado hoje, sábado, pela Administração local, na presença do governador provincial, Luther Rescova.

  • 20/07/2019 10:00:53

    Icolo e Bengo ganha duas escolas primárias

    Duas escolas primárias, com capacidade para albergar 720 alunos, serão inauguradas em Setembro do ano em curso, para inserir no processo de ensino crianças da comunidade de Nzenza do Gulungo, município de Icolo e Bengo, em Luanda.

  • 20/07/2019 00:14:07

    Pessoas com deficiência no Cazenga beneficiam de cadeiras de rodas

    Cazenga - Cinquenta pessoas com deficiência e sessenta outras desfavorecidas,beneficiaram sexta -feira no município do Cazenga, de cadeiras de rodas e cesta básica,no âmbito de uma acção solidária conjunta, Administração municipal do Cazenga e do Grupo indiano Noblest da empresa Angomart.