Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

18 Julho de 2019 | 17h00 - Actualizado em 18 Julho de 2019 | 17h00

Mais de 30 mil processos para emissão de cartas de condução estão pendentes

Benguela - Trinta e cinco mil processos que deram entrada na direcção provincial de Viação e Trânsito em Benguela, para emissão de cartas de condução e de livretes automóveis, encontram-se pendentes, há mais de cinco anos, soube hoje, quinta-feira, a Angop, de fonte policial.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Guiché para emissão de cartas de Condução da SADC (arquivo)

Foto: leopoldo Viana

De acordo com o director provincial de Viação e Trânsito, superintendente-chefe António Ngussi, que falava à Angop, no quadro do encerramento do curso dirigido aos motociclistas do município do Bocoio, do número de processos em referência destacam-se 25 mil para emissão de cartas de condução e dez mil para livretes automóveis.

O responsável adiantou que, a falta de instalações para acomodar os serviços, bem como de montagem do equipamento do novo sistema de emissão dos referidos documentos, são os principais constrangimento que estão a contribuir no atraso da resolução do problema.

António Ngussi anunciou, por outro lado, que o governo da província de Benguela já disponibilizou instalações para acomodar os serviços, mas que ainda estão a beneficiar de obras de reabilitação para posterior apetrechamento. “Tão logo elas terminem, Benguela vai iniciar com a emissão local das cartas de condução e dos livretes”, enfatizou.

O oficial superior da PN deu ainda a conhecer a abertura de um concurso público, à luz do despacho do Ministério do Interior, para a construção e exploração de centros de inspecção periódica de veículos automóveis e respectivos reboques, no sentido de reduzir a circulação de veículos em mau estado de conservação.

Para o superintendente, no âmbito da campanha de entrega de documentos, cerca de 12 mil livretes e 300 cartas de condução encontram-se disponíveis nos guichés da Viação e Trânsito de Benguela e do Lobito, bem como no SIAC para o respectivo levantamento.

Entretanto, no município do Bocoio, foram entregues 360 verbetes e 381 licenças de condução a 741 motociclistas, após terem participado num curso sobre princípios gerais das regras e sinalização rodoviária, transporte de pessoas e carga, que decorreu de 18 a 25 de Outubro do ano passado.

Na ocasião, o 2º comandante provincial da Polícia Nacional em Benguela, Sub-comissário Ernesto Haiyamuyie, apelou aos condutores maior responsabilidade e prudência na circulação rodoviária, usando sempre os capacetes e fazendo-se acompanhar da documentação completa para se evitarem situações de desacato.

Leia também
  • 15/07/2019 15:22:25

    Centralidade do Lobito vai ter primeira esquadra policial

    Benguela - O comandante provincial da Polícia Nacional em Benguela, comissário Aristófanes dos Santos, afirmou, esta segunda-feira, que dentro de dias a centralidade do Lobito terá uma esquadra policial (a primeira), visando garantir maior segurança e responder aos anseios dos seus moradores.

  • 12/07/2019 18:17:13

    Habitantes do bairro da "Mina" clamam por serviços sociais básicos

    Benguela - Moradores do bairro da Boa Esperança da Mina, um campo que acolhe sinistrados das chuvas desta cidade, desde 2008, clamam pela instalação de alguns serviços sociais básicos, mormente um posto de saúde, escola, esquadra policial e o abastecimento de água potável e energia eléctrica.

  • 10/07/2019 17:04:21

    Modernização do hospital da Ganda entre as prioridades do PIIM

    Ganda - O reforço da capacidade de intervenção do hospital da Ganda, com a instalação de um bloco operatório, sala de RX e de uma área de estomatologia, estimada em 203 milhões 980 mil e 261 kwanzas, assegurados pelo Programa Integrado de Intervenção Municipal (PIIM), constitui uma das prioridades das autoridades administrativas locais.