Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

20 Julho de 2019 | 14h44 - Actualizado em 20 Julho de 2019 | 14h44

Mulheres cristãs devem ser exemplo para a sociedade

Huambo - O pastor Cândido Manuel Domingos, da Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA), no Huambo, encorajou hoje, sábado, a jovem mulher desta denominação religiosa sobre a necessidade ser exemplo para a sociedade, num momento em que a perda dos valores morais é cada vez mais evidente.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Dirigindo-se a esta franja da sociedade, durante a 3ª edição do Fórum Feminino da juventude da IECA, decorrido no templo sede do bairro Pastor, arredores da cidade do Huambo, chamou a atenção para a necessidade de incentivaram toda esta classe a adoptar boas maneiras de convivência dentro e fora da família.

O pastor Cândido Manuel Domingos realçou a necessidade das jovens mulheres pautarem ainda por uma conduta de respeito à vida, evitado actos de imoralidade, entre eles aborto e a infidelidade, quer na fase do namoro, quer na fase do casamento.

“Queremos ter uma camada feminina que transmita valores e princípios em qualquer lugar onde estiver. Pois que o objectivo da igreja é tornar a sociedade cada vez mais justa e livre do ódio, da inveja, das praticas de feitiçaria e de outras que retardam o bem-estar comum”, enfatizou.

Sob o lema “Mulheres Unidas – em busca de Deus e Sua Justiça para uma sociedade próspera”, o evento contou com a participação de 200 jovens mulheres da IECA no Huambo, Centro-Sul de Angola, as quais foram capacitadas em vários aspectos da vida social, económica e religiosa.

No certamente, as participantes debaterem temas como “Despertar as mulheres quanto aos cuidados inerentes à saúde íntima”, “As mulheres quanto aos desafios de carácter social, económico e financeiro”, “As mulheres da IECA – instrumentos capazes para dirimir conflitos” e “O fenómeno das seitas religiosas”.

A IECA, fundada a 11 de Novembro de 1880, pelos missionários americanos Bagster, William Henry Sanders e Samuel, foi reconhecida pelo Governo Angolano a 24 de Janeiro de 1987, sob o Decreto Executivo nº 9/87 e, sob o Registo nº 1, de 24 de Outubro de 2005 do Ministério da Justiça e do Direitos Humanos.

Possui mais de três milhões de fiéis, distribuídos em 12 missões e em duas mil e 620 congregações.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 19/07/2019 17:49:24

    Huambo: Sindicato dos agro-pecuários suspende greve

    Huambo - O sindicato dos trabalhadores agro-pecuários, pescas e derivados da província do Huambo suspendeu hoje (sexta-feira), após uma reunião de concertação com o Governo local, a greve intercalar, cuja primeira fase estava marcada para o período de 22 a 26 deste mês.

  • 19/07/2019 14:54:45

    Governadora ressalta valor do PIIM no desenvolvimento do Huambo

    Huambo - A construção de 31 escolas do ensino geral e de 22 unidades hospitalares, bem como a execução de 18 projectos voltados ao bem-estar das famílias, destacam-se nas acções do Governo da província do Huambo, no âmbito do Programa Integrado de Intervenção dos Município (PIIM).

  • 19/07/2019 11:40:36

    Mãe mata filha por "roubar" milho

    Huambo - Uma mulher de 43 anos de idade foi detida quinta-feira, no município do Longonjo, a 62 quilómetros da cidade do Huambo, por suposto assassinato da própria filha de 11 anos, a quem acusou de ter subtraído dois quilos de milho, soube hoje, sexta-feira, a Angop.