Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

18 Julho de 2019 | 08h55 - Actualizado em 18 Julho de 2019 | 08h37

Zaire ganha novo sistema de distribuição de água

Mbanza Kongo - O novo sistema de abastecimento de água potável para a cidade de Mbanza Kongo, província do Zaire, vai beneficiar 150 mil consumidores.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O novo sistema de captação, tratamento e distribuição de água potável para esta localidade, que começa a funcionar em Novembro, tem capacidade de armazenamento de três mil metros cúbicos, que vão juntar-se aos actuais 450 metros cúbicos do sistema antigo herdado do tempo colonial.

O sistema de abastecimento deste líquido à cidade (primeiro projecto do género a ser implementado na região após a independência nacional) está a ser erguido, desde 2016, a partir do rio Lueji, arredores da cidade de Mbanza Kongo.

Com um grau de execução física avaliado em 97 por cento, o projecto contempla a instalação de 96 chafarizes, bem como 15 mil ligações domiciliares, nove mil das quais já foram executadas.

Com a capacidade de bombear 525 metros cúbicos/hora, o sistema de abastecimento de água dispõe de três bombas submergíveis, duas das quais deverão funcionar em simultâneo, enquanto a outra serve de reserva.

Uma tubagem de grande dimensão transportará a água, num percurso de aproximadamente um quilómetro até a estação de distribuição erguida na zona alta desta cidade, onde foram construídos dois reservatórios de aprovisionamento.

Quartos de dosagem, bombeamento de água tratada, um tanque de água tratada, leitos de secagem, entre outros, fazem ainda parte deste bloco de equipamentos erguidos na referida estação de captação e tratamento.

A rede de distribuição de água à cidade de Mbanza Kongo é composta por um ramal de 95.5 quilómetros de extensão, além das condutas adutoras, que asseguram o transporte de água até a estação de tratamento de água (ETA).

Na estação de captação foram edificados dois reservatórios subterrâneos, sendo um de dois mil metros cúbicos de água e outro de mil, o mesmo número de reservatórios e capacidade construídos na estação de distribuição para o armazenamento do líquido.

A cidade de Mbanza Kongo tem uma população estimada em 155 mil e 174 habitantes, distribuídos pelos bairros Sagrada Esperança, Álvaro Buta, Martins Kidito, 11 de Novembro e 4 de Fevereiro.
 

Assuntos Província » Zaire   Água  

Leia também
  • 15/07/2019 11:04:06

    Cidadão encontrado morto em poço de água

    Mbanza Kongo - Um cidadão de 41 anos de idade foi encontrado morto num poço de água na manhã desta segunda-feira, no bairro 11 de Novembro, periferia da cidade de Mbanza Kongo, província do Zaire.

  • 12/07/2019 18:35:17

    PIIM reserva mais de AKZ mil milhões para o Soyo

    Soyo - O Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) no Soyo, província do Zaire, deverá aplicar mil milhões e 212 milhões de kwanzas em projectos sociais, com destaque para a reabilitação estradas, construção de escolas e postos de saúde.

  • 12/07/2019 16:56:42

    Criança atropelada mortalmente na via Mbanza Kongo/Luvo

    Mbanza Kongo - Uma criança de 13 anos de idade morreu na manhã desta sexta-feira, vítima de atropelamento na estrada nacional 220, que liga a cidade de Mbanza Kongo a comuna fronteiriça do Luvo, província do Zaire.