Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

25 Julho de 2019 | 15h55 - Actualizado em 25 Julho de 2019 | 15h59

Sistema de água do Bula Atumba beneficia 5.831 habitantes

Caxito - O novo sistema de abastecimento de água a sede municipal do Bula Atumba vai beneficiar, numa primeira fase, cinco mil e 831 habitantes desta região da província do Bengo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Estação de tratamento e captação de água da EPAL

Foto: arquivo

O projecto que se estenderá até 2036 beneficiará nove mil e 997 habitantes do município.

Com capacidade de 50 metros cúbicos por hora, o novo sistema de abastecimento do Bula Atumba dispõe de uma rede de distribuição de 8.719 metros de extensão e beneficiará mil e 200 famílias do bairro Kilamba e Sexto Bairro.

O projecto contempla a construção de sete chafarizes, 600 ligações domiciliárias e um reservatório com capacidade para armazenar 200 metros cúbicos de água tratada. 

Iniciadas em 2018, as obras de reforço do sistema de abastecimento de água a sede municipal do Bula Atumba, terminam em Agosto deste ano, segundo deu a conhecer nesta quarta-feira, o secretário de Estado das Águas, Lucrécio Alexandre Manuel da Costa.

Orçadas em nove milhões, 165 mil e 386 dólares, da linha de crédito da China, as obras encontram-se com um grau de execução física de 82 por cento e financeira de 83 por cento.

Em declarações à imprensa, o secretário de Estado das Águas, Lucrécio Costa, explicou que a infra-estruturas será gerida pela Empresa Pública de Água e Saneamento (EPAS) do Bengo e deverá ser inaugurada em Setembro deste ano.

Disse que com esta obra o problema distribuição da água no Bula Atumba não estará resolvida na sua totalidade, mas vai minimizar.

Neste momento, estão a ser feitos ligações eléctricas para os ensaios do gerador, dos tanques e das condutas a partir da estação de captação, no rio Luvi.

Cinco jovens que trabalham actualmente com o empreiteiro transitarão para EPAS do Bengo para garantir o funcionamento e manutenção dos equipamentos.

Por outro lado, referiu que as dificuldades financeiras estão a condicionar as obras do reforço de abastecimento de água no município do Pango Aluquém, porque o défice orçamental do ministério não permite fazer esta abordagem, prevendo encontrar soluções pontuais para que situações de extrema delicadeza possam ser atenuadas.

“Neste momento, o objectivo fundamental é assegurar que até o mês de Setembro deste ano, os projectos em curso em Muxaluando (sede municipal de Nambuangongo) e Bula Atumba, fiquem concluídos nos prazos acordados com a empreiteira para depois reequacionar a situação do Pango Aluquém e Ambriz”, referiu.

Por seu turno, o vice-governador para o Sector Técnico e Infra-estruturas, Domingos Guilherme, pediu a direcção da EPAS do Bengo, no sentido de começar a celebração de contratos de água antes da entrada de funcionamento do sistema para que com os fundos adquiridos possa garantir a sua sustentabilidade. 

Já o administrador municipal do Bula Atumba, António Augusto João, defendeu a necessidade do alargamento da desminagem da zona periférica onde foi projectada o novo sistema de abastecimento de água (tida como área suspeita) para preservar as vidas das populações, bem como a requalificação do sistema de água do Capopa para servir de alternativa as comunidades locais.

No Bula Atumba, o secretário de Estado das Águas manteve um encontro técnico com os administradores municipais adjuntos do Pango Aluquém, Dembos e Nambuangongo e visitou as fontes de retenção de água do Capopa, no Sexto Bairro, sistema de captação, no rio Luvi (com duas bombas) que deverão funcionar de forma alternada e a Estação de Tratamento de Água (Estação Elevatória), na periferia do bairro Kilamba, que deverá abastecer por sistema de gravidade.

Assuntos Província » Bengo   Água  

Leia também
  • 22/07/2019 17:06:15

    Autocarro incendeia no Porto Kipiri

    Caxito - Um autocarro da empresa Macon Transporte, incendiou hoje (segunda-feira), no Porto Kipiri, município do Dande, província do Bengo.

  • 19/07/2019 22:04:03

    EPAL exonera director suspeito de garimpo de água

    Luanda - O Conselho de Administração da Empresa Pública de Águas de Luanda (EPAL) exonerou hoje (sexta-feira) o seu director para segurança empresarial, Ivan Mateus, por suposto envolvimento no desvio de condutas e garimpo de água.

  • 19/07/2019 14:54:08

    Instituições de ensino do Bengo apoiam vítimas da seca

    Caxito - As escolas de Formação de Técnicos de Saúde, do Magistério Kimamuenho e a Direcção Municipal da Educação do Pango Aluquém solidarizaram-se, nesta sexta-feira, com as vítimas da seca no sul do país, doando bens diversos.