Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Agosto de 2019 | 15h48 - Actualizado em 15 Agosto de 2019 | 15h47

Governo reforça medidas para assistir vítimas da seca

Ondjiva - Para fazer chegar a tempo útil e o controlo na distribuição da água potável à população vítima da seca na província do Cunene, o Governo adoptou o uso de GPS nos camiões cisternas para a identificação da localização dos mesmo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

camiões cisterna disponíveis para o transporte de água no cunene

Foto: TARCISIO VILELA

O vice-governador para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas do Cunene, Édio Gentil Saumbwako, afirmou que o Cunene conta com 22 camiões-cisternas com a capacidade de 20 mil litros, operacionais nos seis municípios, e o seu controlo é crucial de maneira a que água chega às áreas afectadas pela seca, daí instalação de GPS, pois em tempo real será possível identificar em que zona se realiza o abastecimento de água potável.

O Cunene vive, desde Outubro de 2018, uma acentuada crise, com 857 mil e 443 pessoas (de um total de 171 mil 488 famílias) e um milhão de cabeças de gado afectados pela seca, que já e já causou a morte de 30 mil cabeças de gado, entre bovino, caprino e suíno.

Édio Gentil Saumbwako sublinhou que, deste modo, vai se evitar as reclamações por parte das vítimas da seca sobre o fornecimento da água potável, pois o controlo é maior.

No encontro, os participantes foram esclarecidos sobre os benefícios do GPS, como utilizar, recolha de informação e sistema de monitorização.

A par da distribuição de água por camiões-cisternas, está em curso a reabilitação de 171 furos de água, uma média 28 furos por cada município, num total de seis municípios.

Para o efeito, o Executivo disponibilizou 3.9 mil milhões de Kwanzas para a aquisição de bens diversos.

Sobre os bens alimentar, o governo da província do Cunene recebeu,  até ao momento, 997 mil toneladas de bens alimentares para acudir a situação de seca que a sola a região.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 14/08/2019 17:06:30

    Cunene recebe 193 toneladas de bens diversos

    Ondjiva - O governo provincial do Huambo procedeu hoje, quarta-feira, em Ondjiva, a entrega de 193 toneladas de diversos bens de primeira necessidade para apoiar às vítimas da seca.

  • 06/08/2019 17:09:43

    Ministério da Construção doa bens às vítimas da seca do Cunene

    Ondjiva- Trinta e oito toneladas de bens alimentares foram entregues, nesta terça-feira, na cidade de Ondjiva, pelo Ministério da Construção e Obras Públicas ao Governo Provincial do Cunene para apoiar às vítimas da seca da região.

  • 04/08/2019 16:19:01

    Cidadã enforca filho recém-nascido no Cunene

    Ondjiva - Uma cidadã de 23 anos de idade, já detida, está a ser acusada de ter matado, por enforcamento, o seu próprio filho recém-nascido a 30 de Julho deste ano, na povoação de Omulova, município de Namacunde, província do Cunene.