Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

19 Agosto de 2019 | 14h57 - Actualizado em 19 Agosto de 2019 | 15h55

Acidentes de viação causam 182 mortos em Angola

Luanda - Cento e oitenta e duas pessoas morreram em Angola, de Julho de 2018 a Julho 2019, em consequência de 854 acidentes de viação.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Directora Adjunta do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa Polícia nacional , Engrácia Lopes da Costa

Foto: Pedro Parente

O dado foi avançado pelo chefe de Departamento de Segurança e Trânsito da Direcção Nacional de Viação e Trânsito, António Marques Pinduca, que disse ter havido, neste período, 860 feridos.

Comparativamente a igual período anterior, houve uma diminuição de 66 mortos, 291 feridos e 212 acidentes.

Os dados foram divulgados durante a entrega de prémios aos três primeiros classificados da campanha “condutor – exemplar estrada segura”, nomeadamente três telemóveis no valor de 59 mil Kwanzas.

O oficial apontou a condução sob efeito de álcool, o excesso de velocidade, o incumprimento das regras de ultrapassagem, entre outras, como alguns dos maiores problemas verificados nas estradas nacionais.

A campanha promovida em parceria com a NCR serve para dar continuidade aos apelos da polícia em relação ao código de estrada, bem como avaliar o nível de conhecimento dos condutores.

Durante a campanha, a polícia montou equipas com mecanismos apropriados para registar os dados dos automobilistas e motociclistas, com os vencedores a serem sorteados em função dos resultados obtidos em termos das respostas dadas ao questionário.

A campanha, com duração de seis meses, tem como requisito a avaliação dos condutores e das respectivas viaturas, entre os quais as condições técnicas (mecânica), seguro actualizado, documentos completos, capacetes, coletes, macaco e triângulo.

Por sua vez, a gestora social da NCR, Bernanda Ferreira, explicou que a parceria da sua instituição visa ajudar a fomentar os bons comportamentos a nível da educação rodoviária.

Já o vencedor do prémio condutor-exemplar,  Artur Nicolau Macunde, disse que a premiação representa muita responsabilidade na estrada e apela aos demais condutores a cumprirem com as regras de trânsito estabelecidas por lei.

Assuntos Angola  

Leia também