Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

23 Agosto de 2019 | 11h38 - Actualizado em 23 Agosto de 2019 | 11h56

Cadeia de Cambiote aposta na agricultura

Huambo - A cadeia do Cambiote, arredores da cidade do Huambo, está apostada no fomento da agricultura, para reduzir os gastos com a importação de alimentos e oferecer uma dieta alimentar mais saudável à população penal.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada quinta-feira, à ANGOP, pelo chefe de secção de produção desta instituição do Ministério do Interior, inspector prisional-chefe José Tchalo, salientando que a cadeia dispõe de mil e 81 hectares de terras agricultáveis a serem trabalhados pelos reclusos, no âmbito do enquadramento em trabalhos socialmente úteis.

De acordo com o responsável, esta aposta consiste no cultivo de milho, feijão, hortícolas e batata-doce, cujos resultados são bastantes satisfatórios.

O oficial subalterno dos serviços prisionais lembrou que na época agrícola 2018/2019 foram colhidos mais de cinco toneladas de milho, 500 quilos de feijão, uma tonelada e meia de batata-doce e outras três de hortícolas diversas.

Explicou que estes produtos foram cultivados, em média, por 40 reclusos condenados, 30 dos quais homens e 10 mulheres, de forma rotativa, com objectivo de habilitá-los a trabalhos úteis, para melhor preparação, antevendo a reintegração social quando forem posto em liberdade.

O inspector prisional-chefe José Tchalo apontou o número reduzido de efectivos para a garantia da segurança de um grupo mais alargado de reclusos envolvidos na agricultura, como sendo a principal dificuldade para o fomento agrícola nas áreas do Santo António, arredores da cidade do Huambo, bem como na comuna do Sambo, município da Chicala-Cholohanga.

A outra dificuldade prende-se com a falta de meios, pois a instituição necessita de dois tractores com as respectivas alfaias, oito charruas acompanhadas de juntas de gado bovino, duas moto-bombas e imputeis, para alargar a actividade, passando da agricultura de subsistência para a mecanizada.

Ainda no quadro do processo de ressocialização de reclusos, 22 condenados terminaram os cursos profissionais nas especialidades de culinária e pastelaria, no quadro do processo capacitação da população penal, numa acção ministrada em parceria com o Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP), durante quatro meses.

O estabelecimento penitenciário do Cambiote, inaugurado em 2012, com uma capacidade para 820 presos, possui mil e 325 reclusos, dos quais, 513 cumprem prisão preventiva e 812 condenados.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 21/08/2019 21:17:22

    População da província pode crescer 3,4 por cento até Dezembro

    Huambo - A população da província do Huambo, planalto central de Angola, poderá registar, até Dezembro deste ano, um crescimento de 3,4 por cento, equivalente a 79 mil e 402 habitantes, informou hoje, quarta-feira, à ANGOP, o director local do Instituto Nacional de Estatística (INE), Ruben Gomes.

  • 21/08/2019 16:17:10

    Município da Caála com nova dinâmica de crescimento

    Caála - O município da Caála, 23 quilómetros da cidade do Huambo, regista um ritmo de crescimento acelerado.

  • 20/08/2019 12:46:54

    Empresa de água suspende instalação de contadores

    Huambo - A empresa de Águas e Saneamento da província do Huambo suspendeu, nos últimos meses, o processo de instalação de contadores, devido ao aumento, entre Março e Maio, do número de furtos desses equipamentos, aliada à vandalização dos sistemas de abastecimento do produto.