Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

23 Agosto de 2019 | 13h51 - Actualizado em 23 Agosto de 2019 | 13h51

Condução cuidada pode reduzir sinistralidade - bombeiros

Luanda - Uma condução cuidada e mais responsável por parte dos automobilistas poderá reduzir o índice elevado de mortalidade em todo território nacional, segundo o Comissário Bombeiro Principal, Bênção Cavila Nyoka Abílio.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Acidente de Viação (Arquivo)

Foto: David Dias

O comandante Nacional do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros disse ser preponderante que haja uma atitude mais respeitosa e se acatem as normas de trânsito para a redução da mortalidade nas estradas.

No periodo de Janeiro a Outubro de 2018, mil 776 pessoas morreram de acidentes de viação, em Angola, menos 75 falecimentos em relação ao mesmo período de 2017 em que foram registadas mil 851 mortes.

Durante os nove meses de 2018, a Polícia de Trânsito registou oito mil e 301 acidentes de viação, que provocaram oito mil e 484 feridos, mais 536 casos, entre graves e ligeiros.

Foram registados três mil e 701 atropelamentos, seguem-se os choques entre veículos automóveis com mil 579 casos e entre veículos e velocípedes com mil 479 registos.

No periodo de Janeiro a Outubro de 2018 , a província de Luanda liderou com mil e 267 acidentes, com 428 mortes e mil e 12 feridos.

Bênção Abílio falava na cerimónia de encerramento da Primeira Edição do Plano de Férias de Bombeiros (PLAFEB), decorrido de 14 a 23 de Agosto em  Viana, em Luanda.

Quanto ao período balnear, iniciado a 15 deste mês, disse que apesar de certas dificuldades que a corporação enfrenta em relação aos meios de trabalho, o serviço de bombeiros está preparado para intervir em todas frentes, desde o resgate e a extinção de incêndios.

 Sob o lema ‘’Educando a criança sobre matérias bomberisticas’’, o evento, que teve a participação de 83 crianças, entre filhos de quadros da instituição e outros provenientes de escolas e centros de acolhimento da província de Luanda , foi proporcionado por vários momentos atractivos.

As crianças tiveram aulas de extinção de incêndios, prevenção, resgate e salvamento, matérias perigosas, atendimento pré-hospitalar e de redução de riscos de desastres e ambiente.

Plantação de árvores, visitas ao quartel de náufrago da Chicala, ao Museu de Historia Natural, para além de uma apresentação de manobras, técnicas de resgate salvamento (simulado) foram actos realizados pelas crianças.

No acto de encerramento foi lida uma mensagem das crianças participantes,  entrega de certificados e realizados outros momentos culturais e recreativos.

Leia também
  • 23/08/2019 12:46:17

    Iluminação pública reposta no Rangel

    Luanda - O sistema de iluminação pública, inexistente há mais de 10 anos, nos bairros da Terra Nova, Rangel e Marçal, distrito do Rangel, município de Luanda, foi reposto no início deste mês, constatou a Angop.

  • 22/08/2019 21:53:54

    Acidente de viação provoca morte a quatro pessoas no Uíge

    Uíge - Quatro pessoas morreram e três outras ficaram gravemente feridas em um acidente de viação, ocorrido na tarde desta quinta-feira, na estrada que liga o bairro Dunga ao Mbemba Ngango, arredores da cidade do Uíge, sede capital da província, apurou à Angop no local.

  • 22/08/2019 19:05:19

    SIC detém homens por tráfico de seres humanos

    Luanda - O Serviço de Investigação Criminal ( SIC) deteve, na última semana, dois homens, proprietários de uma Agência de Turismo, por tráfico de seres humanos e falsificação de documentos.