Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

18 Setembro de 2019 | 22h16 - Actualizado em 18 Setembro de 2019 | 22h15

Governante defende reestruturação do sector dos Antigos Combatentes

Cuito - O governador do Bié, Pereira Alfredo, defendeu uma reestruturação do sector dos Antigos Combatentes, com vista a dar outra dinâmica, a julgar pela importância dos cidadãos que deram a vida em defesa da pátria.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Governador Pereira Alfredo confere posse à novos responsáveis

Foto: Leonardo Castro

Isaac Machado Alberto, Novo director do Gabinete dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria no Bié

Foto: Leonardo Castro

O governante teceu estas considerações hoje (quarta-feira) durante o empossamento de 16 novos responsáveis de diferentes sectores do aparelho do Estado, entre eles o director do Gabinete dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria no Bié, Isaac Samarimba Machado Alberto.

Para si, trata-se de uma “franja social bastante sensível” e que é necessário compreender o problema de cada associado, com base em documentos comprovativos.

Realçou que o sector enfrenta muitos problemas, não citados, daí a necessidade da sua reestruturação, de modo a garantir uma nova dinâmica na resolução dos mesmos.

Por sua vez, o recém-empossado director do Gabinete dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria no Bié, Isaac Samarimba Machado Alberto, apontou como um dos seus desafios um recadastramento mais aprofundado de pensionistas, para se aferir o real número de assistidos.

Tal exercício, disse, afigura-se “pertinente”, a julgar pelos problemas que o sector apresenta.

O Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria controla, em todo o país, 162 mil e 300 assistidos, dos quais 11.086 a nível do Bié, entre órfãos e viúvas.

Este departamento ministerial iniciou, a 26 de Agosto último, em Malanje, um processo de recadastramento e prova de vida, com o qual pretende aferir a capacidade física dos pensionistas, no sentido de se avaliar a possibilidade destes continuarem a receber ou não a pensão mensal de 23 mil kwanzas.

Porém, a campanha  foi suspensa por um período indeterminado, a 4 de Setembro do ano em curso, por alegada falta de condições técnicas e materiais, pelo que as autoridades apelam a calma e paciência aos beneficiários.

Leia também
  • 15/09/2019 19:09:05

    Governo do Bié reitera parceria com a IEIA na vertente social

    Cuito - O Governo do Bié reiterou hoje, domingo, a aposta no reforço da parceria estratégica com a Igreja Evangélica dos Irmãos em Angola (IEIA), para a construção de mais escolas, postos de saúde, saneamento básico, bem como na moralização da sociedade, para a melhoria das condições de vida das populações.

  • 14/09/2019 19:35:15

    Adolescente mata outro à facada em Camacupa

    Camacupa - Um menor de 12 anos de idade da comuna do Cuanza, município de Camacupa, a 82 quilómetros a Leste da cidade do Cuito (Bié), é indiciado de ter morto à facada, sexta-feira, um primo de 13 anos de idade, resultante de brincadeiras entre ambos.

  • 11/09/2019 15:58:43

    Responsável recomenda manutenção do legado de Neto

    Cuito - A jornada comemorativa do 17 de Setembro, Dia do Fundador da Nação e do Herói Nacional, iniciou na cidade do Cuito, província do Bié, com a recomendação da preservação do legado de Agostinho Neto.