Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

16 Setembro de 2019 | 18h17 - Actualizado em 17 Setembro de 2019 | 10h07

Igreja continua intacta na reserva moral da sociedade

Luanda - A Igreja continua a ser a reserva moral e o actor fundamental na transmissão de valores éticos à sociedade, visando manter a coesão e a reconciliação entre as famílias, considerou nesta segunda-feira, em Luanda, o director do Instituto Nacional para os Assuntos Religiosos (INAR), Castro Maria.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O responsável, que falava à imprensa, a margem do Fórum Inter-religioso para a Paz e Desenvolvimento Sustentável, reiterou que a Igreja sempre desenvolveu o seu papel na sociedade, trabalhando com o Estado na concretização de objectivos estratégicos para a consciencialização da população e transmissão de valores que promovem a sã convivência entre as pessoas.

Apesar de algumas confissões religiosas apresentarem desvios comportamentais, referiu que o Estado continua a contar com a parceria da Igreja no sentido de juntos trabalharem para o alcance do desenvolvimento sustentável, visando a manutenção da paz.

Afirmou ainda que os debates actuais sobre a paz, segurança do Estado e a sua relação com a fé tem um impacto na tranquilidade, harmonia e no bem-estar dos cidadãos, no qual a Igreja é chamada a promover estes valores.

Por sua vez, o reverendo Luís Nguimbe apelou o reforço ao diálogo no combate à corrupção, que o Governo leva a cabo, com vista a preservação da paz e estabilidade do país.

Para o religioso, deve-se accionar todos os mecanismos de diálogo possível, para solucionar os diferentes casos de corrupção.

Afirmou que a Igreja está disponível a dar o seu contributo ao programa de combate a corrupção, visando a preservação da paz.

O Fórum Inter-religioso para a Paz e Desenvolvimento, que se realiza no âmbito da Bienal de Luanda, que decorre de 18 a 22 deste mês, juntou líderes de diferentes confissões religiosas, organizações da sociedade civil, investigadores e académicos.

Concentrados no memorial António Agostinho Neto (MAAN), os participantes ao fórum reflectiram em torno do contributo da Igreja na consolidação da paz e promoção do desenvolvimento sustentável.

Assuntos Igreja  

Leia também
  • 16/09/2019 12:17:04

    Religiosos reflectem contribuição à paz e desenvolvimento

    Luanda - Líderes de diferentes religiosas, organizações da sociedade civil, investigadores e académicos encontram-se reunidos nesta segunda-feira, em Luanda, para reflectir sobre o contributo da igreja na consolidação da paz e promoção do desenvolvimento Sustentável.

  • 26/08/2019 17:35:26

    Responsável enaltece papel da mulher cristã

    Menongue - A vice-governadora provincial para o sector Político, Social e Económico do Cuando Cubango, Sara Mateus, enalteceu o papel desempenhado pela mulher cristã no sentido de tornar a convivência na comunidade mais pacífica e harmoniosa.

  • 18/08/2019 16:42:54

    Construção da clínica universitária tocoísta vai a concurso público

    Luanda - A construção da clinica universitária afecta à igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo (Tocoísta), cujo projecto foi neste domingo apresentado, vai a concurso público.