Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

20 Outubro de 2019 | 17h48 - Actualizado em 21 Outubro de 2019 | 10h49

Igreja tocoísta anuncia ajuda às vítimas da seca

Luanda - O bispo da Igreja Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo (tocoísta), Afonso Nunes, anunciou domingo que a Igreja Tocoista está a recolher valores monetários para a aquisição de bens de primeira necessidade para apoiar as vitimas da seca no sul de Angola.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O anúncio foi feito à imprensa à margem de um culto de acção de graças alusivo ao 70º aniversário da prisão do profeta Simão Gonçalves Toco pelas autoridades belgas.

Segundo o religioso, numa primeira fase serão providenciados, através da Fundação Simão Gonçalves Toco, entre 20 e 30 toneladas de bens diversos, que serão entregues às autoridades competentes para a sua distribuição aos cidadãos mais afectados pela seca.

Sobre a prisão de Simão Gonçalves Toco, o bispo disse que o acto de repressão das autoridades belgas valeu a expansão do tocoísmo no seio das populações e o sentimento de nacionalismo em África e em Angola, em particular.

A 22 de Outubro de 1949, as autoridades coloniais belgas prenderam o profeta Simão Toco, permanecendo cerca de três meses nas cadeias de Ndolo e Filtra, tendo sido igualmente detidos em 100 seguidores. O total de fiéis presos no mundo era de três mil.

A Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo foi “relembrada” a 25 de Julho de 1949 pelo profeta Simão Gonçalves Toco, reconhecida pelo Estado angolano. Está implantada em mais de 30 países de África, Europa, Ásia e América Latina.
 

Assuntos Angola   Igreja   Sociedade  

Leia também
  • 21/10/2019 10:43:38

    Menongue completa hoje 58 anos de existência

    Menongue - A sede provincial do Cuando Cubango, Menongue, antiga Serpa Pinto, completa hoje (segunda-feira), 58 anos de existência desde que ascendeu a esta categoria, em 1961, com registo de um crescimento demográfico, económico e social assinalável.

  • 20/10/2019 16:03:51

    Huíla: Moralização social deve começar na infância- OMA

    Lubango - A secretária provincial da OMA na Huíla, Júlia Celeste, defendeu sábado, no Lubango, que a moralização da sociedade deve iniciar na infância, ensinando aos petizes boas maneiras.

  • 20/10/2019 13:17:53

    Chuva devolve esperança no Cunene

    Luanda - Renasce a esperança na província do Cunene, onde dias melhores se avizinham, com a chuva a dar os primeiros sinais de retorno, depois de 12 meses de seca severa.