Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

23 Outubro de 2019 | 08h49 - Actualizado em 23 Outubro de 2019 | 08h49

Invadida reserva do Centro de Alto Rendimento Desportivo

Caála - Pelo menos três hectares, dos 42 mil reservados pelas autoridades para a construção do Centro de Alto Rendimento Desportivo, no município da Caála (Huambo), foram invadidos, nas últimas semanas, pela população local, com a construção de moradias e outros empreendimentos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada hoje, quarta-feira, pelo director do Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente desta municipalidade, Milton Azevedo, referindo que o espaço em causa está localizado na reserva fundiária do bairro da Lenha, arredores da cidade da Caála, com um total de mil e 704.90 hectares.

O responsável informou a invasão dos três hectares, neste momento com fundações para a construção de residências e outros empreendimentos, contou com o auxílio de algumas autoridades tradicionais, que deverão ser notificados pela administração, sobretudo, por falsearem os contractos de concessão de terrenos.

Milton Azevedo disse que a outra medida deverá consistir na demolição destas obras, para que o projecto de construção do Centro de Alto Rendimento Desportivo seja implementado sem qualquer impedimento.

No local, prevê-se a construção de um edifício administrativo, um hotel de quatro estrelas, com um total de 200 quartos, áreas de restauração, lazer, salas de jogos, dois campos de futebol, um pavilhão gimnodesportivo, com a capacidade para quatro mil lugares, uma piscina olímpica, pistas para ciclismo e atletismo, entre outros.

Também está prevista a construção de um outro empreendimento multi-usos, destinado à prática de educação física, identificação de talentos e formação em várias disciplinas desportivas, com a capacidade para albergar mais de 500 crianças.

Por este facto, o responsável pelo Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente da Administração do município da Caála desencorajou a prática da ocupação ilegal de terrenos, por criar constrangimentos na organização administrativa e implementação de projectos indispensáveis para o bem-estar comum e desenvolvimento económico-social.

As autoridades do município da Caála projectam igualmente, para a reserva fundiária da Lenha, a construção de um novo centro urbano, com objectivo de promover o crescimento dos pontos urbanos nesta localidade. 

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 21/10/2019 19:01:49

    Cidadão morto pela esposa com auxílio do cunhado

    Huambo - Um cidadão de nome Ernesto Moma, de 44 anos de idade, foi morto, no último fim-de-semana, no interior de uma residência no bairro São José, arredores da cidade do Huambo, supostamente pela esposa, em conluio com o seu cunhado (irmão da acusada), soube esta segunda-feira a ANGOP.

  • 21/10/2019 18:41:46

    Combate à pobreza gasta AKZ mais de 250 milhões na Caála

    Caála - Duzentos e 50 milhões e 523 kwanzas foram gastos, entre Janeiro a Setembro deste ano, no município da Caála (Huambo), com a reabilitação e apetrechamento de diversas infra-estruturas de impacto no desenvolvimento comunitário, inseridas no programa de combate à pobreza.

  • 20/10/2019 21:34:27

    IECA conquista 1ª edição do campeonato das Igrejas Cristãs

    Huambo - O Pastorado Sede Académico da Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA) sagrou-se hoje, domingo, campeão da 1ª edição do campeonato provincial de futsal, em masculino, das Igrejas Cristãs na província Huambo, ao vencer, no jogo da final do torneio, a 3ª Igreja da Convenção Baptista, por 7-5.