Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

31 Outubro de 2019 | 16h22 - Actualizado em 31 Outubro de 2019 | 16h46

Lunda Norte quer rentabilização da lagoa de Carumbo

Dundo - Os participantes no primeiro workshop de consulta pública para a transversão da lagoa de Carumbo, uma das sete maravilhas de Angola, promovido pelo Ministério do Ambiente, recomendaram, nesta quinta-feira, ao governo, políticas para rentabilizar o local, tendo em conta o seu potencial turístico.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Lagoa Carumbo na lunda norte

Foto: Liliana Ramos Lisa

Com oito mil 946 de superfície total, a biodiversidade da lagoa é de elevada importância e encontra-se entre as principais divisões biogiográficas da África Central, onde coabitam 338 espécies de plantas, 195 espécies de aves observadas, dais quais 13 são raras e sete outras eram desconhecidas em Angola.       

Por estas e outras características únicas, os participantes incentivaram o governo a melhorar a via de acesso a lagoa, a criação de estruturas e maior divulgação do local, para a atracção de investimentos privados.

Defenderam o reforço da fiscalização para desencorajar as comunidades a prática de queimadas descontroladas e caça furtiva, para evitar a extinção das espécies, bem como a recolha de dados que possam contribuir para o enriquecimento do projecto de transversão da lagoa Carumbo em área de conservação.

Por seu turno, a chefe do departamento de Gestão da Biodiversidade do Ministério do Ambiente, Alice Capita, disse que a palestra visou apresentar à comunidade o processo da criação de reserva integral da lagoa do Carumbo, a sua função ecológica e importância ambiental e o seu impacto na vida da população local.

Incentivar a comunidade a contribuir na gestão, protecção e conservação da biodiversidade da província da Lunda Norte foram, entre outros, os objectivos que levaram o Ministério do Ambiente a promover o encontro.

Assegurou que as sugestões e as recomendações apresentadas durante o workshop serão levadas em conta para a criação de políticas que visam a sua rentabilização.

Durante o encontro, os participantes, entre líderes comunitário, associações juvenis e de defesa do ambiente, autoridades tradicionais e responsáveis do governo da província da Lunda Norte foram informados sobre a Estratégia Nacional e Plano de Acção da Biodiversidade 2019/2025, e a Reserva Natural Integral da Lagoa do Carumbo.

Leia também
  • 21/10/2019 21:11:50

    Lunda Norte inicia recadastramento dos antigos combatentes

    Dundo - Os antigos combatentes e veteranos da pátria na província na Lunda Norte começaram hoje, segunda-feira, a ser recadastrados pelo ministério de tutela, no âmbito da actualização dos dados estatísticos e asseguramento dos pensionistas no sistema de pagamento de subsídios.

  • 20/10/2019 13:49:16

    Lunda Norte: Agente da Polícia morto por agressão

    Dundo - Um agente da Polícia Nacional, afecto ao comando municipal do Lubalo, Lunda Norte, foi agredido mortalmente (quinta-feira) por familiares, após ser acusado de feiticeiro.

  • 09/10/2019 17:17:55

    ERCA recomenda rigor no uso das redes sociais

    Saurimo - O presidente da Entidade Reguladora da Comunicação Social Angolana (ERCA), Adelino de Almeida, defendeu, nesta quarta-feira, em Saurimo (Lunda Sul), a necessidade do uso das redes sociais de forma rigorosa e responsável.