Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

10 Janeiro de 2020 | 11h58 - Actualizado em 10 Janeiro de 2020 | 11h58

Sindicalista acusado de desviar USD 240 mil

Dundo - O secretário-geral da Central Geral dos Sindicatos Livres e Independentes de Angola (CGSILA), Jacinto Gaspar, está a ser acusado de ter supostamente desviado 240 mil dólares do Fundo Social dos trabalhadores da Sociedade Mineira de Chitotolo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Lunda Norte: Mina de Chitololo (Arquivo)

Foto: Angop /Lunda Norte

A Sociedade Mineira de Chitotolo com mais de 900 trabalhadores, e é detida pela Endiama EP, ITM Mining e Lumanhe, um consórcio formado em 1996.

A denúncia foi feita quinta-feira, no Dundo, pelo representante do secretariado provincial do CGSILA na Lunda Norte, Rafael Bonito, durante uma conferência de imprensa cedida aos órgãos de comunicação social local.

Segundo o responsável, os trabalhadores da sociedade mineira de Chitotolo não beneficiam dos seus fundos sociais e das quotas sindicais, "porque o secretário-geral abriu uma conta no Banco de Fomento de Angola (BFA) onde é o único titular".

Explicou que o estatuto da CGSILA não permite ao secretário-geral ser o titular principal da conta bancária da instituição.

Considerou ser ilegal a suspensão do secretariado provincial e que o caso será encaminhado aos órgãos judiciais.

Por seu turno, o secretário-geral da instituição, Jacinto Gaspar, diz serem falsas as acusações do secretariado provincial e que a conta do BFA foi aberta pelo secretariado nacional eleito no congresso de 2012, com três assinantes (Presidente do CGSILA, Secretária para administração e finanças e o secretário-geral).

Sobre a suspensão do secretariado provincial, Jacinto Gaspar argumentou que o prazo do mandato já expirou.

Leia também
  • 07/01/2020 22:42:58

    EPAS interrompe fornecimento de água no Mussengue

    Dundo - A Centralidade do Mussengue, Lunda Norte, estará privada de abastecimento de água potável nas próximas 12 horas, devido à ruptura de uma conduta estrutural de distribuição nas imediações da zona VI.

  • 31/12/2019 19:02:27

    Comunicação Social relança prémio de jornalismo

    Dundo - O relançamento do prémio provincial de jornalismo, suspenso há quatro anos devido a escassez de dinheiro, consta entre as prioridades do Gabinete da Comunicação Social na Lunda Norte para o ano 2020.

  • 31/12/2019 11:47:57

    Governo prioriza conclusão de obras sociais em 2020

    Dundo - O governo da Lunda Norte vai em 2020 priorizar o inicio e conclusão de obras de diversos empreendimentos sociais, condicionadas no presente ano económico, 2019, por razões de várias ordens.