Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

18 Janeiro de 2020 | 18h23 - Actualizado em 18 Janeiro de 2020 | 18h22

Governador apela à preservação de bens públicos

Uíge - A população da província do Uíge foi aconselhada hoje, sábado, a preservar e conservar os bens públicos, para se assegurar a sua longevidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O conselho foi dado pelo governador da província do Uíge, Pinda Simão, após visitar às obras de reconstrução das condutas de água na lagoa do Quimacungo, ponte do rio Caquiuia e a ravina no bairro Papelão, que melhorarão à circulação de pessoas e bens quando concluídas.

O governador, que apelou a população para o espírito patriótico, cívico e moral, visitou ainda a lagoa do Cassangano, que mostra perigo de cortar à estrada que liga os municípios do Uíge e Negage.

A reparação da ponte do Caquiuia iniciou em Novembro de 2019 e às obras na lagoa do Quimacungo, em Dezembro, e têm fim previsto para Fevereiro de 2020, ano em que se concluirá também à intervenção na ravina do Papelão, interrompidas por razões financeiras, segundo o governador do Uíge.

Por sua vez os moradores dos bairros Quimacungo, Candombe Velho, Caquiuia, Papelão, Cassangano e outros reiteraram o apelo para a reparação urgente das ruas que dão acesso ao centro da cidade capital e outros pontos da região, por estarem bastantes degradadas e dificultar à circulação.

A moradora do Quimacungo, Inês Alberto, disse à Angop que devido a degradação das ruas e valas de drenagem, às águas das chuvas deixam resíduos sólidos em diversos pontos e criam amontoados de lixo junto das residências, o que é preocupante para a saúde dos habitantes.

Margarida António, do Candombe Velho, reafirma que devido a situação, doenças como febre tifóide, malária e infecção urinária têm afectado muitos dos moradores da zona.

Leia também
  • 09/01/2020 14:34:36

    Chuva causa dois mortos em Cabinda

    Cabinda - Duas pessoas da mesma família mortas e 150 casas inundadas é o balanço da chuva que caiu quarta-feira, em Cabinda.

  • 25/12/2019 09:01:51

    Igreja aponta caminhos ao Governo

    Luanda - O Executivo deve continuar a criar políticas para mitigar os efeitos da crise económica e financeira do país, bem como melhorar a condição social básica dos cidadãos, particularmente o acesso à água e à energia eléctrica, recomendaram, em Luanda, líderes religiosos angolanos.

  • 23/12/2019 19:19:01

    Ministério do Turismo promove natal solidário para crianças

    Luanda - O Ministério do Turismo promoveu hoje, segunda-feira, em Luanda, uma festa de natal solidário para as crianças do lar Mamã Muxima.