Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

22 Janeiro de 2020 | 21h24 - Actualizado em 22 Janeiro de 2020 | 21h24

Políticos realçam desempenho dos órgãos de Comunicação Social

Huambo - Os representantes dos partidos políticos com assento na Assembleia Nacional realçaram esta quarta-feira, no Huambo, a postura dos órgãos de Comunicação Social públicos e privados, que, na sua opinião, têm melhorado significativamente o seu desempenho, permitindo a consolidação do Estado democrático de direito.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Representante da UNITA, Morais Carlos

Foto: Júlio Vilinga

Encontro do Ministro da Comunicação Social com os partidos políticos

Foto: Júlio Vilinga

Ouvidos pela imprensa, no final de um encontro com o ministro da Comunicação Social, Nuno Caldas Albino, que efectua uma visita de trabalho de dois dias à região, os políticos elogiaram a isenção e a imparcialidade dos meios de informação locais.

Para o representante do partido UNITA, a maior formação política da oposição em Angola, Morais Carlos Sawassi, assiste-se, nos últimos tempos, a informações mais isentas e transparentes, resultante do novo paradigma de governação, saído das eleições gerais de 23 de Agosto de 2027.

“A UNITA felicita o trabalho dos órgãos de imprensa públicos e privados, nesta nova era, numa altura em que a organização política pretende reforçar a democracia, que, por sua vez, deve ser exercida em todos os organismos”, asseverou.

Para si, existe uma cobertura integral das actividades desenvolvidas por todas as organizações político-partidárias, demonstrando, deste modo, que as coisas boas devem ser elogiadas e as que estiverem mal criticadas.

Na visão do representante da CASA-CE, Augusto Ângelo, apesar das grandes melhorias, muito ainda há que ser feito, por existir ainda alguma tendência na abordagem de certas matérias.

Por sua vez, o secretário do Partido de Renovação Social (PRS) no Huambo, António Soliya Selende, solicitou o reforço de equipamentos de reportagem para a TPA nesta região, a instalação da TV Zimbo e a melhoria do sinal da Rádio Nacional de Angola, para dar cobertura a todas as aldeias e comunas.

“O PRS não tem muitas queixas da presença da TPA, mas também solicita uma maior circulação do jornal Planalto. Louvamos o papel dos órgãos de imprensa pública e privadas, por informarem com verdade”, admitiu.

Reagindo as inquietações dos representantes dos partidos políticos, durante o encontro, que contou também com o MPLA, partido no poder em Angola, o ministro informou que, no âmbito do Plano Estratégico do sector para o período 2020/2022, prevê-se a modernização e reestruturação dos órgãos públicos, com a melhoria dos meios de trabalho, de modo a prestarem um serviço público de maior qualidade.

O governante, que reconheceu haver ainda dificuldades na expansão do sinal da TPA, tendo em conta o assegurar do Estado democrático e de direito, disse que a meta é a de cobrir 90 por cento do território nacional, com realce para as regiões Centro e Leste de Angola.

Nuno Caldas Albino, acompanhado pelos presidentes dos conselhos de administração da ANGOP, TPA, RNA e Edições Novembros e o director do Centro de Formação de Jornalistas (CEFOJOR) manteve igualmente um encontro com a governadora da província, Joana Lina, efectuou uma visita às obras do Centro Regional de Formação de Jornalistas e constatou as condições de trabalho dos órgãos de comunicação social públicos e privados.

Segundo a agenda, quinta-feira (último dia da jornada), tem previsto encontros, em separado, com o arcebispo da Igreja Católico na região, dom Zeferino Zeca Martins, e com os profissionais e associações da comunicação social.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 22/01/2020 19:44:46

    Responsável destaca benefícios do projecto Gráfica Regional

    Huambo - O director da Gráfica Popular do Ministério da Comunicação Social, Fernando Cunha, destacou hoje (quarta-feira), no Huambo, que a efectivação do projecto Gráfica Regional vai reduzir, de forma significativa, os custos de impressão e contribuir para a redução do desemprego.

  • 22/01/2020 19:15:10

    Obras do Centro de Formação de Jornalistas terminam este ano

    Huambo - As obras para a construção do Centro Regional de Formação Jornalística, em curso desde 2014, na província do Huambo, devem estar concluídas no final deste ano, informou hoje, (quarta-feira), o ministro da Comunicação Social, Nuno Caldas Albino.

  • 22/01/2020 10:47:49

    Ministro da Comunicação Social avalia sector no Huambo

    Huambo - As condições de trabalho dos órgãos de Comunicação Social no Huambo e o grau de execução das obras do Centro de Formação de Jornalistas estão a ser avaliados hoje (quarta-feira) pelo titular da pasta, Nuno Albino Caldas, que efectua uma visita de 24 horas à província.