Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

24 Janeiro de 2020 | 13h28 - Actualizado em 24 Janeiro de 2020 | 15h40

Província de Luanda com um canil-gatil funcional

Luanda- Um canil-gatil dos três existentes na província de Luanda, está a funcionar em pleno, com capacidade de acolher 100 animais que vadiam na capital do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Animais recolhidos são concentrados no Canil Gatil (Arquivo).

Foto: Kinda kyungu

O  canil-gatil funcional está localizado no município de Cacuaco, enquanto os outros dois estão nos municípios de Viana, sob gestão privada,  e do Cazenga  que  requer obras de reabilitação, por sofrer actos de vandalismo.

Em declarações ,hoje sexta-feira,  à Angop, o chefe dos serviços provinciais de Veterinária da capital do país, João Mendes de Carvalho, disse  que o do  município de Viana,  apesar de ter passado para a gestão privada, continua sem funcionar, precisando que se afira a capacidade do actual gestor, para a recuperação e se possível melhorar o espaço.

Actualmente, ao contrário do que ocorria no passado, João de Carvalho, disse que os animais recolhidos para o canil-gatil são devolvidos aos seus proprietários,  mediante o pagamento de uma multa, sendo excepcionalmente sacrificados os com idade avançada e de difícil recuperação.

A raiva em Luanda é responsável por sessenta óbitos , registados de Janeiro a Novembro de 2019, mais 25 óbitos em relação o período registados de Janeiro a Setembro de 2018,  sendo as principais vítimas crianças dos cinco aos 15 anos com maior incidência nos municípios de Viana, Cacuaco e Cazenga.

Com vista a reduzir os índices de mortes causada pela doença,  foi realizada nos municípios  de Luanda uma campanha que decorreu de 28 de Dezembro de 2019 a 8 de Janeiro de 2020, onde  foram vacinados 210 mil animais (cães, gatos e macacos), dos 300 mil que estavam previstos.


Para o efeito  foram mobilizados 800 voluntários,  com  postos fixos criados  nas administrações municipais, distritais, bairros, nas repartições dos serviços de veterinária e clínicas, assim como nos postos avançados em quase toda a cidade de Luanda.
Quanto  a recolha dos animais vadios como  forma de prevenção e redução de mordeduras após a campanha, o responsável  disse que ainda não foi agendada, salientado que para a realização da mesma é preciso haver condições técnicas, humanas e treinamento do pessoal.

A raiva  é uma doença infecciosa que afecta os mamíferos, causada por um vírus que  se instala e se multiplica primeiro nos nervos periféricos e depois no sistema nervoso central .

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 24/01/2020 15:13:36

    GPL retoma realojamento de moradores das tendas

    Luanda- O Governo Provincial de Luanda (GPL) continuará a retirar , este ano ,paulatinamente, os moradores da -Ilha seca- realojados nas tendas do Zango l, há mais de 10 anos.

  • 24/01/2020 14:28:49

    Trinta troços em reabilitação em Luanda

    Luanda - Trinta troços da província de Luanda que beneficiarão de obras de ampliação e reabilitação, neste primeiro trimestre, estão já identificados e orçamentados.

  • 22/01/2020 17:51:10

    Ministério da Juventude realiza campanha de sensibilização

    Luanda- O Ministério da Juventude e Desporto leva a cabo ,desde hoje quarta-feira, uma campanha de sensibilização aos jovens, sobre as grandes conquistas nacionais e a valorização dos fundadores do nacionalismo angolano.