Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

23 Janeiro de 2020 | 01h41 - Actualizado em 23 Janeiro de 2020 | 11h11

Trabalhadores da SMC terminam greve

Cuango - Trabalhadores da Sociedade Mineira do Cuango (CMC), província da Lunda Norte, regressaram quarta-feira ao trabalho, pondo fim aos 10 dias de greve.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mina de diamantes

Foto: HÉLDER DIAS

As reivindicações dos trabalhadores foram resolvidas a 95 por cento durante uma reunião realizada terça-feira, em Luanda, entre o Conselho de Gestão da empresa, a Comissão Sindical dos Trabalhadores e o Conselho de Administração da Endiama.

De acordo com o coordenador da Comissão Sindical dos Trabalhadores, Kambamba Puna, as partes acordaram a substituição da directora administrativa da Sociedade Mineira do Cuango, a pontualidade no pagamento dos salários e a redução dos descontos remuneratórios.

Dos pontos constantes no caderno reivindicativo dos trabalhadores, ficou decidida a reposição e o incremento de incentivos, a melhoria das condições de segurança social e a disponibilização de cinco milhões de kwanzas/mês para a aquisição de medicamentos para o centro de saúde.

As partes acordaram, igualmente, a definição de regras e os procedimentos internos, com vista à normalização das operações mineiras.

Os acordos têm duração de dois anos e prevêem reuniões de balanço trimestrais, para aferir o seu grau de execução.

Com pelo menos 700 colaboradores, 85 por cento dos quais angolanos, a Sociedade Mineira do Cuango opera desde 2004 e resulta de uma parceria entre a Endiama, ITM e a Lumanhe, detendo uma área de três mil quilómetros de extensão na zona do rio Cuango.

Leia também
  • 22/01/2020 13:44:21

    Responsáveis de igrejas ilegais serão responsabilizados

    Lucapa - Os responsáveis de igrejas ilegais encerradas no âmbito da "operação resgate" e que continuam a realizar cultos clandestinos serão responsabilizados criminalmente afirmou hoje (quarta-feira), a administradora municipal de Lucapa, Maria Muagita.

  • 19/01/2020 22:39:56

    Bairro Kamaquenzo ganha posto de saúde e esquadra policial

    Dundo - O Administrador municipal do Chitato, Gastão Cahata, informou hoje (domingo) que será construído este ano um posto de saúde e uma esquadra policial para permitir maior segurança e serviços de saúde mais próximos da população do bairro Kamaquenzo, vulgo Aeroporto, no âmbito do programa local de combate a pobreza.

  • 14/01/2020 05:24:24

    SIC detém falso funcionário do ACNUR na Lunda Norte

    Dundo - Um cidadão nacional, que se fazia passar por funcionário do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), na Lunda Norte, foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal local, após denúncia pública.