Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

19 Fevereiro de 2020 | 18h09 - Actualizado em 19 Fevereiro de 2020 | 19h39

Desmontagem da grua do Prenda depende de orçamento

Luanda - Um orçamento para a desmontagem da grua dos lotes do Prenda, distrito urbano da Maianga, em Luanda, está a ser elaborado por uma equipa de técnicos de uma empresa da Zona Económica Especial (ZEE).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Grua do bairro Prenda

Foto: Pedro Parente

Em declarações hoje (quarta-feira) à Angop, o director do Gabinete de Gestão Urbanística do distrito da Maianga, Henrique Jorge, deu a conhecer que no dia 24 de Janeiro deste ano, uma nova avaliação para desmontar a máquina foi feita, precisando que foi encontrada a solução e para sua execução basta a disponibilidade financeira.

Henrique Jorge disse que, recentemente, a equipa de técnicos deslocou-se ao local e deverá agora elaborar o orçamento, que vai ser apresentado à Comissão Administrativa da Cidade de Luanda (CACL) para análise, aprovação e posterior execução da empreitada.  

Sem precisar números, reconheceu que algumas moradias deverão ser demolidas para possibilitar a montagem do guindaste  que vai servir de suporte para a retirada da antiga grua instalada no local nos anos 70, período em que foi usada para a construção dos lotes do Prenda.

Depois da elaboração, o orçamento deverá ser apresentado a Comissão Administrativa da Cidade de Luanda (CACL) para análise, aprovação e posterior execução da empreitada.  

Fonte da administração disse que "uma das maiores dificuldades" está relacionada com os acessos, visto que muitas casas foram construídas ao longo dos anos à volta da máquina.

Referiu que a estrutura básica da grua está danificada, em parte, por ter sido afectada pelas águas da chuva.

Alguns residentes nos arredores mostraram-se preocupados com o seu “avançado” estado de degradação, que tende a piorar na época chuvosa, chegando a abanar quando sopram ventos fortes.

A grua com cerca de cem metros de comprimento, tem um peso acima de duas toneladas.

Mais de 40 casas, entre definitivas e casebres, foram construídas, ao longo dos anos, ao redor da mesma.

A 7 de Junho de 2018, o guindaste  movimentou-se devido aos fortes ventos, que atingiram velocidades superiores a 30 quilómetros por hora, causando vários prejuízos.

Os danos, forçaram a criação de uma comissão técnica, integrada por quadros do Governo Provincial de Luanda (GPL), do distrito da Maianga, da CACL e do Laboratório de Engenharia de Angola (LEA), a fim de apresentarem uma solução para a retirada do guindaste, mas sem sucesso.

Leia também
  • 19/02/2020 19:00:28

    Lar Maria Teresa no municipio de Belas beneficia de bens

    Luanda- Mais de meia tonelada de bens diversos e de primeira necessidade foram entregues hoje (quarta-feira) ao lar de acolhimento Maria Teresa no município de Belas pela empresa AngoGroup no âmbito do programa social da instituição.

  • 18/02/2020 18:17:22

    Viana privilegia celeridade na emissão de documentos

    Luanda - A administração do município de Viana, em Luanda, pretende implementar maior dinamismo e celeridade nos procedimentos administrativos para a emissão de licenças de construção e de outros documentos.

  • 18/02/2020 17:51:09

    Polícia frustra tentativa de assalto e sequestro

    Luanda - A Polícia Nacional frustrou, na noite de segunda-feira, nos arredores da cidade de Caxito, província do Bengo, uma tentativa de assalto e sequestro do motorista de um camião com 40 toneladas de mercadoria diversa.