Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

28 Fevereiro de 2020 | 19h16 - Actualizado em 28 Fevereiro de 2020 | 19h16

Angola eleita secretária regional da OPM

Luanda - A República de Angola foi eleita, nesta sexta-feira, na Namíbia, ao cargo de Secretária Regional para a África Austral da Organização Pan-Africana das Mulheres (OPM), por um período de cinco anos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

No mandato anterior, o país ocupou o cargo de Vice-Presidente, na pessoa da ministra de Estado para a Área Social, Carolina Cerqueira.

Em declarações à ANGOP, a ministra Carolina Cerqueira disse que a actual conjuntura política, económica, social e cultural requer uma organização Pan-Africana com uma visão holística e alinhada aos desafios que se colocam às mulheres no actual contexto das mudanças que ocorrem no continente africano.

Carolina Cerqueira afirmou que a nova geração de mulheres é chamada a revitalizar a organização, numa visão de maior integração, coesão e de diálogo intergeracional e do género, para acelerar o emponderamento das mulheres e a sua efectiva participação na tomada de decisão a favor do calar das armas, do desenvolvimento sustentável, da equidade e da justiça social.

A ministra considerou que a diversidade de opiniões e de experiências partilhadas permitiu uma abordagem profunda da situação da mulher nos países africanos e traçar as metas, no âmbito da aplicação dos marcos traçados pelas estratégias da UA 2030 e da ONU 2063, para o avanço da mulher.

A autonomia financeira e inclusão económica das mulheres nos planos de desenvolvimento nacionais e regional foi outra das prioridades traçadas que, segundo a ministra Carolina Cerqueira, deverão ser sustentadas por programas de inclusão  e com mecanismos de  apoio ao crédito e  financiamento de iniciativas de empreendorismo feminino.

O 10º congresso elegeu ainda, por unanimidade, Eunice Ipinge, da Namíbia, como presidente, e Grace Kabayo, do Uganda, na posição de Secretária-Geral, para um mandato de cinco anos.

O evento contou com a participação de representantes das cinco regiões do continente e foi orientado pela vice-primeira-ministra da Namíbia, Netumbo Nandi.

Além de membro fundador das OPM, Angola assumiu a presidência e albergou a sede da organização durante 22 anos.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 28/02/2020 17:20:39

    Sociedade civil elucidada sobre discriminação zero

    Luanda - Mulheres de diversos extractos sociais e sociedade civil celebraram de forma antecipada, nesta sexta-feira, o Dia Mundial de Zero Discriminação, instituído pelas Nações Unidas, sob o lema “Zero discriminação contra as mulheres e raparigas”.

  • 28/02/2020 14:46:38

    Mortos no próprio lar, a sangue frio

    Luanda - Em plena madrugada de 28 de Outubro de 2019, no interior da própria casa, um acto bárbaro e improvável mudou, radicalmente, a história de "Avó Domingas".

  • 27/02/2020 21:43:55

    Comissão Nacional para UNESCO reforça estratégias junto da juventude

    Luanda - A Comissão Nacional para Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura (UNESCO) avaliou, nesta quinta-feira, em Luanda, a estratégia e programas destinados a garantir a afirmação da juventude na sociedade, mormente ligados a formação académica.