Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

03 Abril de 2020 | 15h18 - Actualizado em 03 Abril de 2020 | 15h37

Centro provisório de Viana alberga mais de cem pessoas de rua

Luanda - Cento e cinco pessoas, entre adultos e crianças que viviam na rua, estão integrados desde a passada segunda-feira, no Centro Provisório de acolhimento do Distrito Urbano do Kikuxi, no município de Viana, em Luanda, devido ao risco de contraírem a COVID-19.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Imagem de meninos de Rua (arquivo)

Foto: Antonio Escrivao

Esta informação foi prestada hoje à ANGOP pela Directora Municipal da Acção Social, Paula Contreiras, durante à recepção de bens de higiene doados pela empresa angolana "BASEL – Sociedade de Detergentes SA" que doou, entre outros, 10 mil litros de lixívia, 30 caixas de álcool gel, 600 máscaras, sabonetes e detergente em pó para assegurar a higiene dos beneficiários.

De acordo com a responsável do centro, das 105 pessoas acolhidas destaque para 11 meninas com menos de 15 anos de idade, tendo a mais nova apenas seis e o mais velho 52 anos de idade.

O centro provisório, cedido pela Administração local conta com dois blocos, num total de 109 quartos dos quais 50 já habitados.

Indicou que o número de habitantes poderá aumentar, já que a recolha a ser feita depois da meia-noite nas ruas do município vai se intensificar até durar o período de Estado de Emergência decretado pelo Presidente da República, João Lourenço.

A campanha de recolha de doações de âmbito nacional conta com a participação da Miss Angola, Salett Miguel, que garantiu à Angop que é o objectivo é atingir o país todo para se evitar a propagação desta doença que assola o mundo.

Informou, que o ponto de partida desta missão filantrópica aconteceu no Hospital municipal do Zango, enquanto a próxima etapa será o município de Cacuaco.

Com o mesmo objectivo foi já criado um centro provisório com capacidade para 250 pessoas, localizado no bairro dos Ramiros, município de Belas, estando previsto um outro em Cacuaco.

Leia também
  • 03/04/2020 14:06:45

    UNITA reafirma solidariedade institucional no combate do Covid-19

    Luanda - A UNITA reafirmou a sua solidariedade institucional e aprovou a criação de uma comissão de acompanhamento e prevenção à Covid-19, para apoiar os esforços das autoridades sanitárias e da sociedade, na efectivação das medidas de prevenção contra esta pandemia.

  • 03/04/2020 11:48:57

    Moto-taxistas condenados por desobediência no Icolo e Bengo

    Luanda - Dezasseis moto-taxistas e dois taxistas foram condenados, esta quinta-feira, pelo Tribunal Municipal de Icolo e Bengo, em Luanda, por crime de desobediência a paralisação da actividade, no âmbito do estado de emergência vigente no país face a pandemia do Covid-19.

  • 02/04/2020 21:54:06

    Vendedoras "forçam" vendas no 30

    Luanda - As vendedoras do mercado do 30 estão a acatar, de forma parcial, a orientação da Administração de Viana para a suspensão dos negócios no período de Estado de Emergência.