Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

08 Abril de 2020 | 19h12 - Actualizado em 08 Abril de 2020 | 19h26

Quarenta crianças retiradas das ruas na Lunda Norte

Dundo - O governo da Lunda Norte está a criar condições para retirar 40 crianças das rua, para evitar que sejam vítimas do novo Coronavírus (Covid-19).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada hoje,   quarta-feira, pela directora provincial do Instituto Nacional da Criança (INAC), Madalena Alentejo, sublinhando a aquisição de alimentos.

A crianças permanecerão no espaço enquanto durar o Estado de Emergência   em vigor desde o Dia 27 de Março.

Na primeira fase serão albergadas crianças de rua do município de Chitato.


Informou que o INAC tem o registo de mais de 800 crianças a exercerem actividade comercial e está a identificar os progenitores e os supostos patrões para os responsabilizar.

Na Lunda Norte, 13 cidadãos encontram-se em quarentena, sendo 11 domiciliar e dois institucionais.

Leia também
  • 07/04/2020 13:38:12

    Governador recomenda reforço da dieta alimentar no Lóvua

    Lóvua- O governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala, recomendou hoje, terça-feira, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) a reforçar, com fármacos e o stokc alimentar, o centro de acolhimentos do Lóvua.

  • 07/04/2020 08:48:04

    COVID-19: Pastores condenados por desobediência

    Dundo - Dois pastores da Igreja Assembleia de Deus Pentecostal e igual número de diáconos da Igreja Adventista do Sétimo Dia, no município do Cuango (Lunda Norte), foram condenados, segunda-feira, a três meses de prisão, com penas suspensas.

  • 05/04/2020 17:30:04

    Cadeia de Cacanda liberta 24 reclusos

    Dundo - Vinte e quatro reclusos que se encontram em prisão preventiva, no Estabelecimento Prisional de Cacanda, na Lunda Norte, foram soltos, no âmbito das medidas de prevenção e contenção da propagação do Coronavírus que já fez duas vítimas mortais no país.