Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

21 Maio de 2020 | 17h42 - Actualizado em 21 Maio de 2020 | 17h42

Cacula cadastra famílias em condições vulneráveis

Cacula - Duas mil e 376 famílias, de um universo de 11.657 em condições de vulneráveis do município da Cacula, na Huíla, estão a ser cadastradas este mês, no âmbito de um Programa Piloto de Fortalecimento do Sistema Nacional de Protecção Social (PFSNPS), denominado Kwenda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os primeiros beneficiários passarão a receber por mês 8.500 kwanzas e com este dinheiro criar pequenos negócios que permitam assegurar a cesta básica no lar.

Em declarações à ANGOP,  a administradora municipal da Cacula, Cármen Duarte, sublinhou que o processo de cadastramento está a ser levado acabo por um grupo composto de 30 Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS).

Acredita que os valores em causa, apesar de reconhecer não serem o ideal, vão contribuir para a manutenção da dieta alimentar regular.

Sob responsabilidade do Fundo de Apoio Social (FAS), em parceria com o gabinete local da Acção Social, Família e Igualdade de Género (ASFIG), o processo de cadastramento encerra nesta sexta-feira.

O programa Kwenda foi instituído através do decreto presidencial Nº125/20 de 04 de Maio, visando apoiar as famílias mais carenciadas do país, cuja implementação conta com dotações do governo de Angola, por meio de créditos do Banco Mundial e doações da União Europeia (UE).

Situado a 89 quilómetros a norte do Lubango, o município da Cacula possui uma população estimada em 164 mil e 386 habitantes que se dedicam a agricultura e a criação de gado de pequeno porte.

Leia também
  • 21/05/2020 15:06:07

    AngoMart encerra actividade em Malanje

    Malanje - O supermercado AngoMart encerrou a sua actividade comercial em Malanje, devido à redução acentuada de clientes derivada da crise financeira e deixa 47 cidadãos no desemprego nesta província.

  • 21/05/2020 13:28:07

    Governante quer celeridade no fornecimento de energia em Menongue

    Menongue - Treze bairros da comuna de Missombo, em Menongue, deverão beneficiar de energia eléctrica, nos próximos tempos, no quadro de um plano de electrificação a sede desta circunscrição.

  • 20/05/2020 16:51:26

    Detido agressor de agente da Polícia no Quipungo

    Quipungo - O cidadão acusado de agredir fisicamente um agente da Polícia Nacional do Comando Municipal de Quipungo, na Huíla, foi hoje, quarta-feira, detido por ofensas corporais e desobediência, após buscas no bairro Mavinda I.