Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

23 Maio de 2020 | 18h39 - Actualizado em 23 Maio de 2020 | 18h39

Gabinete reintegra crianças no seio familiar

Matala - O gabinete provincial da acção social e igualdade de género na Huila começou nesta sexta-feira a desenvolver um programa de localização e reunificação familiar de crianças em situação de risco, que estão sob controlo dos centros de acolhimento de crianças de rua.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Técnicos do referido gabinete trabalharam neste sábado no município da Matala, para localizar as famílias de seis crianças que estavam sob tutela dos centros "Criança Feliz" e "Betsaida", do município do Lubango, uma acção desenvolvida com o apoio da direcção dos assuntos sociais da administração local.

Em declaração à Angop, a técnica do gabinete provincial de acção social e igualdade de género na Huíla, Arlete da Conceição, disse que foram reintegradas quatro crianças, das seis, porque depois de uma análise feita, verificou-se que as famílias das outras duas crianças não tinham condições sociais para ficarem com os menores.

Informou que as duas crianças, com as idades compreendidas entre sete a 12 anos, voltaram novamente ao centro de acolhimento, onde já estão há dois anos, com o apoio e acompanhamento do gabinete provincial de acção social e igualdade de género na Huíla.

Já o director do centro “Criança Feliz”, Anderson Castro, disse que a instituição controla 50 crianças, algumas são órfãos de país e mães e outras foram recolhidas nas ruas por causa de maus-tratos e fome.

Por sua vez, a directora para os assuntos sociais da administração municipal da Matala, Eunice Nadia, disse que a instituição vai fazer o acompanhamento das famílias onde as crianças foram reintegradas e dar todo o apoio possível, social e psicológico no âmbito do programa de localização e reunificação familiar.

De Janeiro a Maio do ano em curso, mais de 100 crianças foram reintegradas pelo gabinete provincial da acção social e igualdade de género na Huíla, em colaboração com os centros de acolhimento de crianças em situação de risco, no âmbito do programa de localização e reunificação familiar.

Leia também
  • 23/05/2020 17:23:27

    Posto de emissão de BI da Matala sofre assalto

    Matala - O Posto de emissão de bilhete identidade do município da Matala, província da Huíla, foi assaltado esta madrugada de sábado por indivíduos ainda não identificados, tendo furtado todos os meios informáticos.

  • 23/05/2020 17:18:34

    Famílias vulneráveis enaltecem projecto "Kwenda"

    Malanje - Famílias vulneráveis do município de Cambundi Catembo, seleccionadas para beneficiar do projecto "Kwenda", elogiaram o surgimento do programa do Governo, tendo em conta que poderão melhorar a sua qualidade de vida.

  • 23/05/2020 12:56:38

    Iniciados projectos do PIIM no Cassongue e Conda

    Sumbe - A implementação dos projectos de infra-estruturas do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), no Cassongue e Conda, província do Cuanza Sul, iniciou hoje (Sábado), visando construção de escolas, terraplanagem e reabilitação do sistema de água.