Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

28 Maio de 2020 | 18h40 - Actualizado em 28 Maio de 2020 | 18h40

Cidade do Sumbe completa 64 anos

Sumbe - A cidade do Sumbe, capital da província do Cuanza Sul, comemora, nesta quinta-feira, 64 anos de existência desde que, a 28 de Maio de 1956, foi elevada à categoria de cidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Marginal da cidade do Sumbe

Foto: Cortesia de Paulino Neto

De acordo com dados históricos a 7 de Janeiro 1769, o capitão-mor da Muxima, José Rodrigues, sob mando do então governador Inocêncio de Sousa Coutinho, oficializou a instalação de um presídio com o nome de Novo Redondo.

A vila foi, pela primeira vez, visitada pelo Chefe de Estado Português, general Francisco Higino Craveiro Lopes, em 27 de Junho de 1954, e pelo decreto número 40.225 de 20 de Julho de 1955 é elevada a capital do distrito.

O aniversário da cidade do Sumbe é marcado com algumas realizações, destacando-se as obras de requalificação,  o surgimento de novas infra-estruturas sociais no quadro do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza.

O administrador municipal do Sumbe, Adão da Silva Pereira, disse à Angop que o sector social constitui uma das prioridades para o presente e o futuro, a par da melhoria do casco urbano.

Referiu que estão identificados e  a serem resolvidos situações relacionadas o ordenamento da cidade da Sumbe, nomeadamente o mau estado das estradas, falta de esgotos, construções anárquicas, entre outros.

O Sumbe enfrenta ainda desafio ligados ao saneamento básico, linhas de águas, sistema urbano funcional de redes de águas residuais e fluviais, aumento de unidades de saúde, escolas e postos policiais, sobretudo nos novos bairros.

A recuperação das ruas secundárias e terciárias, algumas muito degradadas, do sistema de iluminação pública, dos espaços verdes, combate à delinquência, prostituição, criação de postos de trabalho, sobretudo para juventude, revitalização dos sectores agrário, piscatório e industrial constituem também preocupações da administração local.

A cidade do Sumbe tem, dente outros pontos de referência turística, a Marginal do Sumbe, o Largo da Liberdade, a Sé Catedral da Igreja Católica, a praia do Quicombo e dos Namorados.


Dinamização do sector hoteleiro

De acordo com o administrador, a rede hoteleira na cidade do Sumbe necessita de maior impulso, tendo em conta a sua localização geográfica.

“Temos um défice em termos de hotéis e a cidade do Sumbe precisa crescer mais neste domínio, pois as potencialidades turísticas da região, aliadas ao seu clima quente, pode atrair mais turistas. Estamos abertos para todos que queiram investir no sector de hotelaria e turismo”, garantiu.

Sobre a agricultura, disse que o Sumbe é potencialmente agrícola e pesqueiro, possuindo solos férteis para o cultivo de milho, feijão, batata-rena e doce, banana e uma orla marítima para pesca em grande escala.

O comércio é forte na região e os operadores fornecem bens e serviços às populações, respondendo a demanda, mas a grande lacuna que se regista é a ausência de uma rede do comércio rural para satisfazer as necessidades dos camponeses.

Atendimento ao público

Segundo o administrador, o seu pelouro aplicou uma nova dinâmica para facilitar os cidadãos a tratarem os seus processos, quer para  legalização de terrenos, entre outros.

Com uma população estimada em 267 mil 693 habitantes, distribuidos em 54 bairros, as etnias predominantes são: os Mupindas, Musseles, Bailundos, Lumbos e Amboins.

Leia também
  • 25/05/2020 15:57:08

    Jovem morta pelo namorado no Sumbe

    Sumbe - Uma jovem de 22 anos foi morta, neste domingo, supostamente pelo namorado, no bairro da Londa, arredores da cidade do Sumbe, Cuanza Sul.

  • 23/05/2020 12:56:38

    Iniciados projectos do PIIM no Cassongue e Conda

    Sumbe - A implementação dos projectos de infra-estruturas do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), no Cassongue e Conda, província do Cuanza Sul, iniciou hoje (Sábado), visando construção de escolas, terraplanagem e reabilitação do sistema de água.

  • 21/05/2020 20:05:07

    COVID-19: PGR coloca mais de 100 reclusos em liberdade

    Sumbe - Cento e dezassete cidadãos detidos em regime de prisão preventiva no Serviço Penitenciário do Sumbe, província do Cuanza Sul, foram postos em liberdade, avançou, nesta quinta-feira, o Subprocurador provincial, Joaquim Macedo da Fonseca.