Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

02 Junho de 2020 | 18h05 - Actualizado em 02 Junho de 2020 | 18h04

Covid-19: Crianças restituídas no seio familiar regressam à rua

Cuito - Nove, das 25 crianças restituídas no seio familiar em Abril deste ano, no âmbito da prevenção da covid-19, no Cuito (Bié), abandonaram os lares e encontram-se de novo a viver na rua, por alegadas múltiplas razões, entre elas a incapacidade de sustento dos pais ou outros familiares próximos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bié: Vista parcial da cidade do Cuito

Foto: Leonardo Castro

Ao falar à ANGOP, hoje (terça-feira), no quadro da Jornada da Criança, o responsável local do Instituto Nacional da Criança (INAC), Vasco Cambovo, apontou como outros motivos o pouco interesse dos encarregados de educação em protegê-las.

Para inverter o quadro, disse que o INAC continua a trabalhar com o Gabinete da Acção Social e Igualdade do Género, Polícia Nacional (PN), Serviço de Investigação Criminal (SIC), a Justiça e outros sectores, afim de responsabilizar criminalmente os familiares que abandonam menores.

Sem grandes pormenores, exemplificou que, de 27 de Março até a presente data, só no município do Cuito, o Instituto Nacional da Criança notificou 87 casos de violência doméstica, com realce a física, praticada contra as crianças.  

Apontou como factores da prática dos crimes, o uso abusivo de bebidas alcoólicas, a falta de paciência, insuficiência de diálogo e a extrema pobreza no seio de algumas famílias.

Durante o Estado de Emergência, que vigorou no país, em 60 dias, o INAC, em parceria com o Gabinete da Acção Social e Igualdade do Género, recolheu na rua 31 crianças, das quais 25 foram restituídas no seio familiar (nove voltaram à rua).

A Jornada da Criança decorre, de 01 até 30 de Junho do ano em curso (2020), sob lema “Redobremos os cuidados de protecção à criança contra a covid-19 e violência Zero”.

No âmbito da mesma realizam-se, entre outras, campanhas de sensibilização sobre os direitos da criança, nos mercados e outros aglomerados populacionais.

Assuntos Província » Bié   Sociedade  

Leia também
  • 02/06/2020 18:02:02

    Famílias carentes da Catumbela recebem cestas básicas

    Lobito - Quatrocentas famílias carentes do município da Catumbela, em Benguela, receberam segunda-feira cestas básicas para acudir as suas necessidades diárias, soube hoje (terça-feira) a Angop.

  • 02/06/2020 17:39:03

    Covid-19: Famílias vulneráveis do Luquembo recebem cesta básica

    Malanje - Trezentas e 75 famílias carenciadas do município de Luquembo, província de Malanje, beneficiam, desde finais de Março último, de produtos da cesta básica e de higienização, da administração municipal, no âmbito das medidas de combate e prevenção da covid-19.

  • 01/06/2020 20:36:22

    Joana Lina quer apoio para minimizar problemas de Luanda

    Luanda - A governadora provincial de Luanda, Joana Lina, pediu hoje, nesta cidade, a colaboração da sociedade para enfrentar os problemas e melhorar as condições socioeconómicas dos citadinos.