Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

02 Junho de 2020 | 18h56 - Actualizado em 02 Junho de 2020 | 18h56

Mais de 500 ex-militares serão inseridos em projectos agrícolas

Caxito - Quinhentos e 42 ex-militares e suas famílias serão inseridos este ano em projectos produtivos e geração de rendas, na província do Bengo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada hoje, terça-feira, à imprensa, em Caxito, pelo vice-governador provincial do Bengo para o sector político, social e económico, José Francisco Bartolomeu Pedro, durante a visita de uma delegação do Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU).

Informou que os seis municípios d a província do Bengo receberam, este ano,  uma cota de 125 milhões de kwanzas para implementação dos projectos de combate à pobreza, ao contrário dos 300 milhões de kwanzas em anos anteriores.

Por seu turno, a directora do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do MASFAMU, Emília Rita Cacongo, disse que o programa de combate à pobreza, a ser implementado até 2022, visa retirar da situação e pobreza cerca de 70 por cento dos ex-militares e 30 por cento da comunidade no geral.

Os projectos, frisou, são essencialmente ligados a inclusão produtiva e geração de rendas, que contempla ainda infra-estruturas, priorizando os ex-combatentes, os órfãos dos ex-militares e as viúvas.

Apesar das dificuldades económicas e financeiras que o país vive, Emília Rita Cacongo mostrou-se satisfeita pela execução dos projectos que visitou.

A comitiva do MASFAMU visitou as infra-estruturas reabilitadas em 2019, no âmbito do programa de combate à pobreza que custaram aos cofres do Estado 33 milhões, 131 mil kwanzas.

Este montante faz parte de um valor global de 300 milhões de kwanzas cabimentada anualmente as administrações municipais a nível do país.

Trata-se do posto médico, na localidade do Sarico, comuna da Barra do Dande, que garante serviços de pediatria, pré natal, planeamento familiar, PAV, bem como a residência T2 destinada aos técnicos de saúde.

Os dois furos de águas, no Sassa Cária, que abastece, por sistema de gravidade através de um reservatório com capacidade de cinco mil litros cada, mais de três mil pessoas.

A escola primária nº 317, com oito salas de aula, no bairro Mifuma, que tem matriculado 1.566 alunos distribuídos em três turnos.

O programa visa a redução dos níveis de pobreza extrema e a elevação do padrão de vida dos cidadãos de modo assegurar até 2022 o cadastro gradual dos beneficiários da acção social na base de dados de vulnerabilidade e contribuir na reintegração efectiva dos militares.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também
  • 01/06/2020 17:00:52

    Bengo: Incêndio deflagra no Hospital do Dande

    Caxito - Um incêndio de pequenas proporções deflagrou, esta segunda-feira, na área de incineração de resíduos do Hospital Geral da Barra do Dande, na província do Bengo, sem causar vítimas.

  • 31/05/2020 15:29:24

    Viúvas e famílias vulneráveis ganham cestas básicas

    Caxito - Famílias vulneráveis dos bairros Boa Esperança 1 e 2 no Porto Kipiri, município do Dande e viúvas de efectivos do Ministério do Interior na província do Bengo receberam hoje, domingo, cestas básicas para suprir as suas dificuldades.

  • 29/05/2020 14:33:26

    Destruídos 963 engenhos explosivos no Bengo

    Caxito - Novecentos e 63 engenhos explosivos não detonados foram removidos e destruídos, esta quinta-feira, na localidade do Icau, município do Dande, pelo Instituto Nacional de Desminagem (INAD) no Bengo.